• Grande parte das relações de sucesso são baseadas em uma comunicação assertiva. Essa competência é uma das principais características de um profissional de destaque e demonstra que a pessoa tem segurança e seriedade com o trabalho desempenhado, além de credibilidade para conquistar a colaboração de outros profissionais.
  • A comunicação assertiva se refere à clareza, dinâmica, objetividade e ao respeito ao passar uma informação. Isso significa que a comunicação foi assertiva quando a mensagem, seja ela boa ou ruim, conseguiu gerar os frutos que o comunicador esperava.
  • Para entender melhor esse conceito e conferir algumas dicas, continue lendo este conteúdo!
  • Entenda o conceito de comunicação assertiva
  • A definição de assertividade é a habilidade social em fazer uma afirmação e expressar pensamentos, sentimentos e desejos de forma direta, clara e honesta, levando em conta o contexto e o modo de falar.
  • Por isso, um comunicador assertivo consegue se adaptar ao momento e ao ambiente para conseguir transmitir a mensagem desejada em sua totalidade.
  • Nor relacionamentodigital por exemplo, creators e marcas precisam ter uma comunicação assertiva com os seus públicos. No entanto, não há uma única maneira de fazer isso. É preciso entender o público e suas peculiaridades e, a partir disso, traçar estratégias para se tornar um bom comunicador.
  • Esse tipo decomunicaçao é muito importante dentro de organizações, principalmente para gestores e responsáveis por setores. Afinal, essa capacidade auxilia na manutenção de relacionamentos, gera experiências importantes e ajuda no fechamento de negócios.
  • Por outro lado, nesse contexto muitos gargalos de produção surgem de falhas de comunicação. Se as informações não forem compartilhadas ou se forem passadas de forma equivocada ou incompleta, haverá o desalinhamento em diversas áreas.
  • 5 dicas para acertar na sua comunicação
  • A comunicação assertiva vai além da habilidade de usar as palavras. Aprender a se expressar de forma não verbal também diz muito sobre a capacidade de um comunicador. O profissional que adquire essa qualidade tem mais credibilidade em suas relações, é mais respeitado e tem mais chance de conseguir sucesso.
  • Além disso, há uma relação direta entre profissionais bem-sucedidos e sua capacidade comunicativa. Eles conseguem transmitir ideias, visões e medos de uma forma tão natural e transparente que muitas pessoas se sentem tocadas e até íntimas deles.
  • Veja outras dicas para desenvolver a comunicação assertiva.
  • 1. Aprenda a ouvir antes de se comunicar
  • Essa deveria ser uma premissa básica de qualquer interação. Um bom comunicador ouve e compreende o outro lado antes de fazer suas ponderações.
  • Mesmo que você não concorde com pontos abordados, deixe que a pessoa conclua sua linha de raciocínio e passe a palavra para você. Esse também é um gesto de respeito, que indica que você não quer apenas falar, mas sim resolver a situação.
  • 2. Construa caminhos alternativos durante a conversa
  • Uma conversa não precisa ter um roteiro definido para ser assertiva. É claro que o gestor precisa ter em mente o que é preciso ser dito e deve buscar dizer isso da maneira mais objetiva e clara possível. Porém, não é fácil prever como o outro interlocutor vai agir ou quais informações serão agregadas na conversa.
  • Assim, se for preciso, construa caminhos alternativos na conversa ou mude até o tema central da mensagem.
  • Por exemplo, se a intenção inicial era repreender um colaborador por algo que ele tenha feito de forma errada, mas ele te surpreender com a notícia de que está passando por sérios problemas pessoais, não há como continuar com o assunto inicial.
  • Grandes líderes sabem dialogar e repreender, mas também têm um lado humano.
  • Dessa forma, o mais importante é entender que em uma conversa há sempre dois lados da história e que é preciso entendê-los para que haja uma evolução de ambas as partes.
  • 3. Aprenda e treine a comunicação corporal
  • A comunicação corporal diz muito sobre uma pessoa. Por isso, uma comunicação assertiva deve partir de um interlocutor seguro, que olha nos olhos, que sabe se portar na frente das pessoas e que consegue encarar situações difíceis ou complicadas. A comunicação corporal se associa também a roupas, trejeitos e gestos do mensageiro.
  • Essas características serão importantes para intermediar conflitos o motivo das pessoas, pois é difícil confiar em um líder nervoso, agressivo ou que não sabe falar bem, certo?
  • É por isso que gestores assertivos estão em constante aprendizado e sempre realizam 
  • 4. Prefira diálogos presenciais
  • Com os avanços tecnológicos, muitas interações passaram a ser completamente virtuais. Essas opções são excelentes e muito necessárias em várias situações, mas há alguns casos em que uma conversa frente a frente é fundamental – como para a resolução de um conflito, por exemplo.
  • Uma comunicação via email ou mensagem instantânea abre margem para o duplo entendimento, já que não é possível demonstrar e compreender algumas expressões, e isso pode acabar causando situações desnecessárias.
  • Por isso, analise a situação e, se for necessário, prefira um diálogo presencial. Além disso, dispense termos rebuscados ou gírias que possam prejudicar o seu discurso.
  • 5. Use as emoções e o bom humor
  • Estabelecer uma comunicação assertiva não tem relação apenas com dizer palavras bonitas em momentos oportunos. A comunicação só é plena quando há interlocutores interessados do outro lado.
  • Isso significa que utilizar as emoções e o bom humor pode ser uma ótima alternativa para despertar interesse e capturar a atenção das pessoas. Mas lembre-se de usá-las com moderação para não perder a credibilidade.
  • Seja assertivo para influenciar
  • Depois do conteúdo, ficou bem claro que a comunicação assertiva é fundamental para todo profissional, certo? É a partir dela que outras características e habilidades poderão ser trabalhadas, chegando a um resultado positivo em que pessoas podem ser influenciadas a partir de atitudes certas.
  • A comunicação é uma das formas mais eficazes de influenciar pessoas, mas ela também auxilia em outros aspectos além da vida profissional. Essa habilide pode ser um desafio para as pessoas mais tímidas e introspectivas, mas deve ser exercida por todos, uma vez que auxilia todo tipo de relação interpessoal.

gostou da pagina deixa seu comentario

Anúncios