Anúncios

Selena Gomez Hints That Her Relationship With Justin Bieber Was “a Little Toxic

“You think, ‘Oh, that’s love,’ and I believed that for a long time.”

Selena Gomez Talks With The Morning Mash Up On SiriusXM's SiriusXM Hits 1

ANGELA WEISSGETTY IMAGES
  • Selena Gomez opened up about her love life and shared that first loves can be “a little toxic.”
  • Sel very publicly dated Justing Bieber when they were younger, so it seems like she’s referring to him…

Hello, good morning, and I hope you’re ready for some more Selena Gomez dramz because that’s what we’re about to dive into.

While everyone has been busy speculating about whether or not Sel’s two new singles are about Justin Bieber (and they really, really seem like they are!), Selena has been out here doing press for her new music and opening up about her love life without naming names. In her most recent interview on the Zach Sang Show, Selena went there and talked about how her first love (*cough* Justin *cough*) was “a little toxic.” She said:

You’re in a phase of life where you experience love for the first time and I think that can just be just a little toxic. You have this codependency that you think is love and then you have this addiction to the passion and the frustration with each other that you think, ‘Oh, that’s love,’ or fighting or doing all this stuff, ‘Oh that’s love,’ and I believed that for a long time.

She also shared that she’s been “super, super single for two years,” and now knows what she wants from her next relationship. She said, “I want it to be real and I don’t want it to be codependent or messy or lack of communication. I think you know when you get older, you find people that are actually right for you, that are actually on the same wavelength.” And reading between the lines that seems to suggest that maybe some of her past relationships had those problems, but that’s just a theory!

All that said, don’t expect to see Selena coupled up anytime soon—for now, she’s happy being single. She added, “I’m chillin right now, you guys. Honestly, [dating] is so stressful so I’ve been having way too much fun being on my own. It sucked for the first year, I was like, ‘I just wanna cuddle, I just wanna watch something and be adored.’ Now it feels good. Now it feels awesome.”

Watch the whole interview here:

ALANNA LAUREN GRECOAlanna Greco is the weekend editor at Cosmopolitan.com and a freelance writer based in New York
Anúncios

Meghan Markle “Just Wants to Make Sure That Her Boys Are Safe” Amid All of the British Tabloid Drama

Tabloid Drama

Ugh, this is heartbreaking.

The Duke And Duchess Of Sussex Visit Johannesburg - Day Two

CHRIS JACKSONGETTY IMAGES
  • Meghan Markle’s good friend Daniel Martin says that Meghan “just wants to make sure that her boys are safe” amid Meghan and Prince Harry’s battle against the British press.
  • He adds that “she’s going to totally take care of this.”

So obviously a lot has been going on with Prince Harry and Meghan Markle lately. The royal couple is suing some British tabloids, and in an ITV documentary released last weekend Meghan opened up about how difficult it’s been dealing with, to quote Prince Harry, the “relentless propaganda” and “lie after lie” that’s being spread about her by the British press. And it’s so bad that Harry and Meghan are even considering moving out of the UK!

To add to all of this, earlier this week Meghan’s good friend Daniel Martin weighed in on why she decided to open up about her struggle with the tabloids. He shared with CBS This Morning, “It’s been tough. Watching this documentary, it’s been almost a relief seeing her at a point where she can be honest about what’s been happening. All of us who have known, we just didn’t know what to do or how to help. But I feel like just putting this out there, it’s hopefully demystified a lot about what’s been going on over there.”

And while the letter that Harry wrote explaining why he’s taking legal action makes it seem like he’s being protective of Meghan (he wrote, “my deepest fear is history repeating itself. I’ve seen what happens when someone I love is commoditized to the point that they are no longer treated or seen as a real person”), Daniel shared that Meghan feels just as protective of Harry. Daniel said, “She has a lot on her plate and I feel like she just wants to make sure that her boys are safe. I know her and she’s going to totally take care of this—it’s just about understanding the ways around it.”

Here’s hoping that Meghan and Harry do find a away “around” all of this drama!

 

Tens of thousands rally in Barcelona for Spanish unity

Supporters of Spanish unity attend a demonstration to call for co-existence in Catalonia and an end to separatism, in Barcelona, Spain, October 27, 2019
Supporters of Spanish unity attend a demonstration to call for co-existence in Catalonia and an end to separatism, in Barcelona, Spain, October 27, 2019 Albert Gea / Reuters

Tens of thousands of people marched Sunday for Spanish unity, staging a counter-rally in Barcelona a day after 350,000 Catalan separatists held a protest over the jailing of nine regional leaders.

ADVERTISING

Around 80,000 people, according to a police estimate, marched down Barcelona’s central Gracia thoroughfare waving Spanish and Catalan flags and chanting “that’s enough” and “the streets belong to everyone” to counter the separatist claim that “the streets will always be ours”.

Catalonia, a wealthy northeastern region that is home to some 7.5 million people, has been bitterly divided as its calls for independence from the central government in Madrid have grown over the past few years.

Unrest has gripped the region since an October 14 Spanish Supreme Court verdict handed lengthy jail terms to regional leaders behind a banned 2017 referendum and a short-lived declaration of independence.

The ruling prompted waves of protest as Spain wrestles with its worst political crisis in decades.

Neither camp can point to majority support. An opinion poll published in July by the Catalan regional government showed 44 percent support for independence with 48.3 percent opposed.

Xavier Dalamantes, a 40-year-old working in the pharmaceutical industry who attended Sunday’s rally with a Spanish flag draped over his shoulders, told AFP that the time had come “to get out there and say what one thinks — they (the separatists) are trying to turn Catalonia into a totalitarian state”.

Sunday’s rally was called by the Catalan Civil Society (SCC) association, which said it wanted to show that those opposing secession from the rest of Spain comprise a “silent majority”.

“That is an important message for Catalonia, Spain and the world,” said SCC chairman Fernando Sanchez Costa.

‘Absurd gamble’

The protesters adopted a manifesto at the end of the rally stating: “We demand an end to this absurd gamble that we have been dragged into.”

With Spain just two weeks away from a fourth general election in as many years, members of the Socialist government and leaders of the country’s conservative parties joined Sunday’s rally.

Spanish Foreign Minister Josep Borrell, a Catalan, meanwhile slammed “an unacceptable level of violence” after Saturday’s peaceful march later degenerated when some 10,000 joined a separate demonstration by the radical CDR.

Massing outside police headquarters, they shouted “Occupation forces, out!”, some hurling bottles, rocks and fireworks at officers.

Although the police initially refused to engage, they eventually charged, using batons and foam rounds to try and break up the crowds, an AFP correspondent said.

The police eventually charged, using batons and foam rounds to disperse the protesters. Several people suffered light injuries on both sides, emergency services and security forces said.

Catalonia has been gripped by unrest since the October 14 Supreme Court verdict which unleashed a wave of protests that quickly turned violent, with masked demonstrators clashing nightly with riot police.

More than 600 people have been injured in the protests, 367 of them civilians and 289 police, official figures show.

Can China make peace between the Afghan government and the Taliban?

China has stepped up efforts to mediate in the Afghan conflict after US President Donald Trump called off Doha peace talks with the insurgent group in September. Could Beijing’s influence on the Taliban be helpful?

    
Pakistan Foreign Minister Shah Mahmood Qureshi (C) and Chinese Foreign Minister Wang Yi (L) along with Afghanistan Foreign Minister Salahuddin Rabbani (R) answer the press after the 3rd round of China-Afghanistan-Pakistan Trilateral Foreign Ministers Dialogue in Islamabad

Rival Afghan groups are set to hold talks in China to discuss the possibility of a ceasefire in Afghanistan.

“China has invited a delegation … to participate in the intra-Afghan dialogue,” Suhail Shaheen, a Taliban spokesman in Doha, said on October 22.

The so-called intra-Afghan dialogue is aimed at reconciliation between the Taliban militant group and the Afghan government and has been running parallel to the talks between the insurgents and the US.

But the Taliban said the Afghan government officials would participate in the China talks in an unofficial capacity. The Islamist group does not recognize Afghanistan’s elected government and refers to it as a “US puppet.”

“All participants will be attending the meeting in their personal capacity and they will share their personal opinions for solving the Afghan issue,” Shaheen said.

Taliban negotiators and Afghan officials have held talks in the past.

Read more: Explosion at Afghan mosque kills dozens

The stumbling block

Fresh intra-Afghan talks in China are deemed crucial as peace negotiations have stalled since President Donald Trump abruptly called off US-Taliban talks in Doha last month.

Read more: US-Taliban talks: DW reporters’ firsthand account from Doha

Who are the Taliban and what do they want?

It was a huge setback to Afghan peace efforts as US and Taliban negotiators went very close to agreeing to a deal.

Shaheen told DW in September that the Taliban had reached an agreement with the US in Doha. “We had finalized the document about how the agreement would be implemented … The US president’s tweets took us by surprise. We still don’t understand how the US can call off the deal that took months to negotiate and finalize. This move has undermined the US’ credibility,” Shaheen said.

Read more: Why did President Donald Trump call off Taliban talks?

China and Pakistan have since stepped up efforts to restart talks . Last month, a Taliban delegation met with China’s special representatives for Afghanistan in Beijing.

“China has kept a close eye on the Afghan peace process for years,” Horoon Mir, a Kabul-based Afghan analyst, told DW.

“China enjoys considerable influence on the Taliban through its close ally, Pakistan. Beijing has also established good ties with the Afghan politicians that back negotiations with the insurgent group,” Mir added.

Read more: Afghan Taliban meet with Chinese officials after talks with US collapse

On Friday, representatives from Russia, China, the US and Pakistan agreed in Moscow that negotiations, including an early resumption of direct US talks with the Taliban, are the only way to peace in Afghanistan.

Trump’s cancelled peace talks with the Taliban

Experts say that the differences between the Taliban and Kabul are a major obstacle in achieving a political settlement in Afghanistan. Until these issues are not resolved, talks between Washington and the Taliban can’t be fruitful.

For this reason, if the Chinese government can mediate between Afghanistan’s rival groups, and force them to resolve their issues, the Washington-led talks to withdraw US troops from Afghanistan can resume and be even successful.

“If the Taliban are serious about peace talks, they should talk to the Afghan government,” stressed Mir.

Read more: Will elections settle any of Afghanistan’s problems?

Other reasons for China’s involvement

China shares a short border with Afghanistan to its far-western region of Xinjiang. Beijing has long been worried about links between militant groups operating in Xinjiang, home to the Turkic-speaking mostly Muslim Uighur people.

“China is interested in the Afghan peace process also because of its domestic issues. China is concerned that Uighur insurgents in Xinjiang province are taking advantage of the Afghan conflict,” Jawid Kohistani, an Afghan security analyst in Kabul, told DW.

Analyst Mir is of the view that Beijing is also interested in bringing Afghanistan into the Shanghai Cooperation Organization, a Eurasian political, economic, and security alliance created in 2001.

Kohistani also believes that China wants NATO and US forces out of Afghanistan so it could expand its economic influence in the region.

Experts say that more than any other country, there is a greater chance for China to bring all stakeholders to the negotiating table and push for a long-term solution to the 18-year-long Afghan conflict.

Read more: US to reduce troops in Afghanistan by 5,000

Additional reporting by Masood Saifullah.

Every evening, DW’s editors send out a selection of the day’s hard news and quality feature journalism. You can sign up to receive it directly here.

DW RECOMMENDS

ISIS Leader al-Baghdadi Reportedly Killed in U.S. Military Raid in Syria

(WASHINGTON) — Abu Bakr al-Baghdadi, the shadowy leader of the Islamic State group who presided over its global jihad and became arguably the world’s most wanted man, is believed dead after being targeted by a U.S. military raid in Syria.

A U.S. official told The Associated Press late Saturday that al-Baghdadi was targeted in Syria’s northwestern Idlib province. The official said confirmation that the IS chief was killed in an explosion is pending. No other details were available. The official was not authorized to discuss the strike and spoke on condition of anonymity.

President Donald Trump teased a major announcement, tweeting Saturday night that “Something very big has just happened!” A White House spokesman, Hogan Gidley, would say only that the president would be making a “major statement” at 9 a.m. ET Sunday.

If confirmed, the operation’s success could prove a major boost for Trump. The recent pullback of U.S. troops he ordered from northeastern Syria raised a storm of bipartisan criticism in Washington that the militant group could regain strength, after it had lost vast stretches of territory it had once controlled.

John Cena and Girlfriend Shay Shariatzadeh Make Their Red Carpet Debut

John Cena, Shay Shariatzadeh

Greg Allen/Invision/AP/Shutterstock

Lights, camera…

John Cena has taken a major step in his relationship with Shay Shariatzadeh. The couple, who sparked romance rumors back in March, have made their red carpet debut! On Saturday, the 42-year-old actor stepped out with his girlfriend for the premiere of his new movie, Playing With Fire. The two posed for photos at the AMC Lincoln Square Theatre in New York City.

It marked the pair’s first official red carpet appearance together since they began dating earlier this year. And they weren’t afraid to put their love on display, as they walked arm-in-arm and smiled from ear-to-ear.

For the special occasion, Cena kept things classic with a navy blue suit that he paired with a white button-down shirt and a red tie. Shay also dazzled on the red carpet with a shimmery silver and black sequins ombré dress. She accessorized with close-toed heels and a black clutch.

John Cena and Girlfriend Shay Shariatzadeh Make Their Red Carpet Debut 1
At the premiere, the WWE wrestler told Entertainment Tonight that he met his lady while filming this movie, which is why the project means so much to him.

“It’s a wonderful day for a movie premiere and I got a beautiful date,” he told the publication. “What’s truly special about this one is that, no matter what projects I’m involved in the future, this one will always have a special meaning because I got to film a special project and meet someone special.”

John Cena, Shay Shariatzadeh

Instagram/@krystaallb

While John didn’t give away too many details about his girlfriend, they did meet back in March. The two were spotted on a romantic date in Vancouver when they began sparking romance rumors.

However, the 42-year-old star has kept a tight-lip about his relationship and it looks like he plans on keeping it that way.

Earlier this year, he told Andy Cohen on Watch What Happens Live that he wanted to keep his private matters… well, private. “My personal business will stay my personal business,” he told the host. “I appreciate that. Thank you.”

He later added, “Through trial and error, we find out what we value and what we believe in and I really value being able to have moments that are mine.”

Don’t miss E! News every weeknight at 7, only on E!

Cómo Logré 6,3 Millones de Personas Alcanzadas y Cientos de Prospectos Todas Las Semanas con Facebook… y Cómo Puedes Hacerlo Tú También!”

Finalmente… La Solución Definitiva Para Conseguir Clientes
en Tu Negocio con Facebook

“Ahora Sera Común Para Ti Alcanzar
6,3 Millones de Personas con Apenas
4 Publicaciones”

Si Tienes Un Negocio y Quieres Conseguir Más Clientes Con Facebook Esta Es La Solución Para Ti

2

Ahora Tendrás Tantos Prospectos Interesados en Comprar Tus Productos Que Tu Principal Problema Será… Qué Hacer con Tanta Gente!!!

En los últimos meses, Facebook ha dejado de funcionar para muchas personas y miles de negocios están sufriendo porque ya no pueden conseguir clientes.

El “algoritmo de Facebook cambio” y con estos cambios trajo muchos problemas para todos los que vendíamos por redes sociales:

Las publicaciones no se viralizan como antes
Los videos ya casi
no son vistos.
Las transmisiones en vivo han reducido mucho.
Facebook nos obliga a pagar publicidad.
Y lo peor… es que ni la publicidad funciona!!!

Esto literalmente está llevando a quebrar a muchos negocios y a
otros los está haciendo perder dinero porque ya no reciben
tantos clientes como antes.

Pero Afortunadamente Nosotros Tenemos La Solución Para Vender Más con Facebook!

Para solucionar el problema de la falta de prospectos y clientes con Facebook, descubrimos 3 maneras en las cuales puedes generar cientos de personas interesadas en tus productos.

Y luego de varios meses probando, encontramos la solución y hoy en dia llegamos regularmente entre 1,000,000 millón y 6,000,000 millones de personas cada semana con nuestras páginas de fans.

Y tenemos cientos y cientos de prospectos cada semana preguntando sobre nuestros productos y servicios.

Tanto es asi, que hemos tenido que desarrollar ROBOTS DE INTELIGENCIA ARTIFICIAL para que hagan seguimiento y respondan de manera automática a todos nuestros prospectos.

Y lo mismo puede pasar con tu negocio!

Ahora tu negocio no va a sufrir de FALTA DE PROSPECTOS sino todo lo contrario, tu negocio tendrá EXCESO DE PROSPECTOS.

Logramos Ganarle a Facebook en Su Propio Juego y Conseguir Millones de Personas Alcanzadas con Nuestros 3 Secretos

3

¿Y Cuáles son Nuestros Secretos?

4

Secreto #1 – Viralidad Orgánica

Facebook dejo de dar alcance a las publicaciones para obligar a los usuarios a pagar publicidad.

Pero nosotros hemos encontrado el secreto para que tus páginas de fans se hagan virales y lleguen a miles de personas sin pagar un centavo.

Con nuestros secretos de Viralidad podrás hacer que tu contenido llegue a MILES DE PERSONAS todas las semanas y que genere cientos de prospectos preguntando sobre tus productos y servicios.

5

Secreto #2 – Publicidad Efectiva

Facebook esta haciendo que tengamos que invertir MAS DINERO en publicidad para generar cada vez menos y menos interesados en nuestros productos.

Pero nosotros hemos encontrado varios trucos que te pueden hacer conseguir miles de personas con poca inversión publicitaria.

Nunca volverás a tirar tu dinero a la basura usando nuestras técnicas de publicidad.

6

Secreto #3 – Robots de Facebook

Y después que uses nuestros primeros 2 secretos, vas a tener demasiados prospectos… tantos que no sabrás que hacer con ellos.

Para eso nosotros usamos la tecnología de los BOTS, sistemas de inteligencia artificial que responden automáticamente a los clientes y les dan seguimiento para asegurar que la mayor conversión de prospectos a clientes.

Pero Afortunadamente Nosotros Tenemos La Solución Para Vender Más con Facebook!

Con Nuestro Programa:
FACEBOOK BUSINESS Podrás Tener Estos 3 Secretos y Comenzar a Tener Cientos de Prospectos Todos Los Meses con Facebook

7
8

En el programa Facebook Business aprenderás todo esto:

  • Como ganarle a Facebook en su propio juego y llegar a miles de personas todas las semanas.
  • Qué tipo de publicaciones hacer y cuales no para que tu contenido realmente se haga viral.
  • Como superar a toda tu competencia y tener cientos de clientes todos los meses con FB.
  • Como combinar Facebook con whatsapp para ser aún más efectivo y duplicar tus ventas rápidamente con Facebook.
  • La estrategia de Publicidad más efectiva para que no tires todo tu dinero a la basura y lo conviertas en ganancias.
  • Como usar el Robot de Facebook para automatizar el seguimiento de tus clientes.
  • Y mucho, mucho más…
Pero Eso No Es Todo… Al Acceder A Nuestro Programa Facebook Súper Viral Tendrás Acceso Inmediato a Todos Estos Bonos Totalmente GRATIS!
bot

BONO #1 – Mi Estrategia Secreta de Facebook ADS + El Robot de Facebook

En este bono aprenderás mi estrategia secreta para combinar la publicidad en Facebook con el Robot automatizado de seguimiento.

Pocas personas estan usando esto y es tremendamente poderoso.

Precio Normal: $97 Dolares

Precio de hoy: GRATIS

whats

BONO #2 – Mi Estrategia Secreta Para Vender en Whatsapp

En este bono conocerás mi secreto para vender en Whatsapp y un truco sencillo que usamos para hacer más de 100 ventas en menos de 7 días usando estas técnicas..

red

BONO #3 – LA NUEVA RED SOCIAL SECRETA

Este es mi bono favorito, porque todas las personas que no conocen esta red social han estado perdiendo mucho dinero.

Acabamos de crear una red social y será la que desbanque a Facebook. Tienes que estar en esta NUEVA RED SOCIAL si quieres conseguir mas clientes que nunca.

Precio Normal: $97 Dolares

Precio de hoy: GRATIS

“Ahora Sera Común Para Ti Alcanzar
6,3 Millones de Personas con Apenas
4 Publicaciones”

9

Si Tienes Un Negocio y Quieres Conseguir Más Clientes Con Facebook Esta Es La Solución Para Ti

2

Ahora Tendrás Tantos Prospectos Interesados en Comprar Tus Productos Que Tu Principal Problema Será… Qué Hacer con Tanta Gente!!!

En los últimos meses, Facebook ha dejado de funcionar para muchas personas y miles de negocios están sufriendo porque ya no pueden conseguir clientes.

El “algoritmo de Facebook cambio” y con estos cambios trajo muchos problemas para todos los que vendíamos por redes sociales:

SUPER BONO – COMO CONSEGUIR TUS PRIMEROS 100,000 FANS

 

11En este bono aprenderas los trucos que usamos para conseguir nuestros primeros 100,000 fans en Facebook y como tu también puedes lograrlo.
Facebook YA CAMBIO… Sino cambias tú, el negocio que tienes ira cada vez peor y peor!
SI QUER ESCRIBE HORA CLIK Facebook business

 

The Time Has Come To End The Reign Of Language Schools!

A revolutionary alternative to language learning has been created. MUAMA Enence is a portable voice translating device which allows independent and efficient studying in the comfort of your own home.

The Time Has Come To End The Reign Of Language Schools! 12

Will this small device replace language learning institutions? Tutors and polyglots from all over the world are certain that it will.

Ever since progressive scientists from Japan had created and tested MUAMA Enence, language learning had a massive breakthrough. Thousands of people worldwide had already taken this opportunity and couldn’t be more satisfied Even those, who always believed that they were too lazy, had no talent or “too old for this”, found themselves immersed in their studies. How’s that possible?

“Language courses are a waste of time and money!”

This opinion was shared by people, who decided to try MUAMA Enence. They believe that traditional methods used by schools are boring, inefficient, and too expensive. Let’s explore these statements in more detail:

  1. Outdated teaching methods. Language courses focus on reading and writing instead of effective communication. Memorising grammar rules and sentence structure from textbooks requires a lot of repetition and starts to get boring. Scientists have proven long ago that boredom interferes with the ability to memorise which makes learning even more difficult and, of course, boring.
  2. Time and labour. An average language course is usually twice a week and lasts for around 1,5 hours. 6 semesters of such classes make up a total of 360 hours. Only 20% of the tutor’s attention goes to a single person. The remaining 80% goes to other students. Let’s not forget to mention that it’s only classwork. Many more hours add up between that. Travel, homework (which doesn’t teach to understand or speak) and constant repetition.
  3. Learning in a group. Students have to listen to each other’s mistakes and bad accents and form bad speaking habits as a result. No wonder feeling ashamed and being afraid of making mistakes is so common among novice learners. This lack of confidence in one’s speaking skills is often the cause of giving up on learning altogether.
  4. MASSIVE expenses. One semester (only 5 months!) of such “learning” can cost from $500 to $1500 and that’s not a one-off payment. To reach the level of proper communication, one needs at least 6 semesters $3000-$9000 of your income! More expenses pile up on textbooks and other required learning materials.

These four points perfectly illustrate the harsh reality of taking language learning classes. The odds of such a big investment (mental, physical and financial) bringing a desired outcome are so small, that, honestly, it’s not worth the risk. Especially now, when you have technologies by your side.

The Time Has Come To End The Reign Of Language Schools! 13

What makes MUAMA Enence so different?

MUAMA Enence is the total opposite of traditional learning. First of all, it‘s interactive. The brain is constantly stimulated by audio input which makes the process much more enjoyable, sparks enthusiasm and, most importantly, eliminates boredom – the root cause of difficulties. Another huge advantage is that you get to practice speech and pronunciation like never before – if MUAMA Enence understands you, anyone will! Furthermore, listening to translations allows your brain to take mental notes of how a sentence should be constructed correctly. This way the whole process becomes more natural and intuitive. That’s how babies learn, and we all know how strong those early acquired skills can be!

In other words, MUAMA Enence makes learning:

  1. FASTER. This interactive method speeds up memorising.
  2. EASIER. No courses, minimal expenses, no stress. You can learn wherever and whenever you want.
  3. MORE EFFICIENT. By developing natural intuition and understanding of a language, it is unlikely that those skills will be forgotten. You will be able to express yourself freely and with confidence.
  4. CHEAPER Pay once, get a textbook from a library and you’re all set!

Among other features, MUAMA Enence offers:

  1. Real time two-way voice translations.
  2. More than 40 interchangeable languages
  3. Amazing sound & recording quality
  4. High accuracy
  5. Long battery life
  6. Light and portable design

See It In Action!

Currently supported languages

ar-eg

Arabic (Egypt)

ar-sa

Arabic (Saudi Arabia)

cs

Czech (Czech Republic)

da

Danish (Denmark)

de

German (Germany)

el

Greek (Greece)

en-gb

English (United Kingdom)

en-us

English (United States)

en-ie

English (Ireland)

fi

Finnish (Finland)

fr-ca

French (Canada)

fr

French (France)

hu

Hungarian (Hungary)

id

Indonesian (Indonesia)

it

Italian (Italy)

ja

Japanese (Japan)

ko

Korean (South Korea)

nl

Dutch (Netherlands)

pl

Polish (Poland)

pt-br

Portuguese (Brazil)

pt

Portuguese (Portugal)

ru

Russian (Russia)

sk

Slovak (Slovakia)

sv

Swedish (Sweden)

tr

Turkish (Turkey)

uk

Ukrainian (Ukraine)

vi

Vietnamese (Vietnam)

es

Spanish (Spain)

es-mx

Spanish (Mexico)

bg

Bulgarian (Bulgaria)

ca

Catalan (Spain)

hi

Hindi (India)

hr

Croatian (Croatia)

ms

Malay (Malaysia)

ro

Romanian (Romania)

sl

Slovenian (Slovenia)

ta

Tamil (India)

te

Telugu (India)

th

Thai (Thailand)

zh-hk

Chinese, Mandarin (Simplified, Hong Kong)

zh-tw

Chinese, Mandarin (Traditional, Taiwan)

The Time Has Come To End The Reign Of Language Schools! 14

Other ways to use MUAMA Enence

There are many more ways in which MUAMA Enence could be used besides languages learning. It’s especially loved by tourists and international business travellers due to its portability and quick responsiveness. It’s also not as intrusive as using a cell-phone. No one likes a phone being pointed at their face! MUAMA Enence makes travelling a breeze. Imagine how easy it becomes to go shopping, asking for directions and buying public transport tickets! So, even if you’ll decide to give up on language learning, it’s not that big of a problem. You will still have your MUAMA Enence to help you tackle those dreaded language barriers!

Start your quick, easy and cheap language learning journey with MUAMA Enence

The Time Has Come To End The Reign Of Language Schools! 15

It poses no doubt that choosing a much cheaper and more effective alternative such as MUAMA Enence is a smart decision. This kind of learning was already tested and approved by scientists, linguists and regular users from all around the globe. It’s perfect for students of all levels – from beginner to advanced. Even if you already speak a language or two, it will be much easier to start a new one! clik Business SEO Facebook

Suspect package at Whitehall in London: Police clear area

London police say they have removed a suspicious package from the Whitehall district of the English capital. A road near Parliament was closed while the mysterious object was removed.

London’s Metropolitan Police closed a road near Parliament in the Whitehall district on Friday while investigating and removing a suspicious package.

“Specialist officers are in attendance and the vicinity is cordoned off while officers access the package,” the Metropolitan Police wrote on Twitter.

Suspect package at Whitehall in London: Police clear area 16

MPS Westminster

@MPSWestminster

Police are on #Whitehall after a report of a suspicious package on at 15:01hrs this afternoon.

Specialist officers are in attendance and the vicinity is cordoned off while officers access the package.

A cordon is in place. Updates to follow.

36 people are talking about this

Police later announced that the situation appeared to be back to normal.

Suspect package at Whitehall in London: Police clear area 16

MPS Westminster

@MPSWestminster

Police have removed a suspicious package from #Whitehall.

Specialist officers attended and made the package safe after they were informed at 15:01hrs.

The cordon has now been lifted.

Enquiries continue.

The public are thanked for their patience.

61 people are talking about this

The Whitehall street in the Westminster district is seen as the base of the British government and is lined with several different ministries. The name Whitehall is also used to refer colloquially to the British civil service.

The Reuters news agency and people at the scene also reported a person climbing up scaffolding near the base of the Big Ben tower at Parliament, but did not immediately link the ascent to the package.

Hong Kong court upholds ban on same-sex marriage

Homosexuality has been decriminalized since 1991 in Hong Kong, a former British colony that returned to Chinese rule in ’97, but gay unions remain illegal

A Hong Kong court upheld a ban on same-sex marriage and civil union partnerships on Friday after a lesbian identified as “MK” launched the city’s first judicial challenge on the issue, stating it violated her constitutional rights.

Rights group Amnesty International described the judgment as a “bitter blow” for LGBTQ people in Hong Kong.

“Sadly, the discriminatory treatment of same-sex couples will continue for the time being,” Amnesty said in a statement.

The Court of First Instance ruled that the government was not obliged to provide an alternative legal framework such as civil unions, giving same-sex couples the equal rights and benefits enjoyed by opposite-sex married couples.

The court said that, while there are diverse and opposing views in society, it expressed “no view on the associated social, moral and/or religious issues” and that it had adopted a strict legal approach to the matter.

Homosexuality has been decriminalized since 1991 in Hong Kong, a former British colony that returned to Chinese rule in 1997. The city has an annual pride parade and lively gay scene.

It does not, however, recognize same-sex marriage and LGBTQ activists voice concerns about widespread discrimination.

Hong Kong’s top court in June ruled in favor of a gay civil servant fighting for spousal and tax benefits for his husband..

O portunidade de Negoçio , online. 18

O portunidade de Negoçio , online.

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO

E se pudesses ganhar comissão por levar pessoas para um estabelecimento para comprar um serviço ou produto
que você gostou? Ou seja, ser pago por fazer algo que já fizeste de graça.
E se trabalhasses numa empresas que não existe limite de salário?
E se o seu aumento salarial dependesse somente de seu trabalho e não de um período constante?
E se pudesses trabalhar numa empresa com a independência de escolher trabalhar com quem quiser, onde quiser
e quando quiser?
E se fosses pago pelo trabalho executado não só por ti mas também pelo trabalho feito pelos membros da sua
equipe?
E se pudesses ter total controle do trabalho dos membros da sua equipe em tempo real seja onde eles estiverem?
E se pudesses receber salário até 5 (cinco) vezes ao mês
E se para receberes salários altos não fosse necessário nem consiguires contrato em uma empresa renomada
mundialmente, nem teres um alto nível acadêmico com muitos anos de experiência, nem teres vários cursos, nem
dominares várias línguas, apenas dominar a arte de saber vender
E se pudesses fazer viajens totalmente pagas
E se pudesses fazer viajens luxuosas regularmente com as pessoas que mais amas e ainda assim continuar a ganhar
dinheiro?
Imagine-se como você se sentirá numas férias em que você e a sua família recebem tratamento VIP ao preço da
classe normal, ganhando privilégios e descontos em alguns restaurantres. O nosso produto ajuda famílias de
qualquer nacionalidade visitar qualquer cidade e ter a liberdade de circular para onde quiser e comunicar-se com
com os habitantes daquela cidade sem ajuda de guia turistico ou tradutor.

WORLDVENTURES, esta é a empresa que tem estas todas vantagens.

Todos gostam de viajar e passar férias. Não é?
Mas muitos têm dificuldades de fazer isto por causa de tempo e dinheiro. Certo?
Para resolver o problema de tempo a empresa criou pacotes de viajens de período curto, as chamadas dreamtrips.
Mas as dreamtrips não são apenas pacotes de viagens, são viagens VIP. O tratamento dado aos membros é
exclusivo. Para além disso, usando o aplicativo podes comprar bilhetes não só para ti como para os seus familiares
(ex: se você é casado, para a sua esposa e os seus filhos).
Para resolver o problema de dinheiro a empresa criou um clube que pudesse facilitar o desconto da viajem,
hospedagem e outros serviços turísticos negociando com os donos das companhias aéreas e donos dos
estabelecimentos turísticos. A empresa também deixou a tarefa de marketing, do crescimento dela mesma para
os membros, portanto, se o membro inscrever mais pessoas para o clube ele será remunerado semanal e
mensalmente.
Actualmente, o preço de entrada no clube aqui na África está em promoção, 150 dólares ao invés dos 200 dólares.
O valor é único, daí se o membro começar a inscrever mais membros. Se ele inscrever 4 dentro do mês ele não
precisará pagar a mensalidade. Mensalidade zero = 4 membros inscritos.

DÚVIDAS
Quando é que o representante começa a receber comissões mensais

A partir dos 24 membros activos na sua rede, 150 dólares.
Qual é a diferença entre membro e representante?
O membro apenas recebe pontos mas o representante ganha pontos e comissões.
Viajens é o único serviço que a empresa tem?
Não. A empresa também tem parcerias com milhares de restaurantes em todo mundo. Também é possível comprar
produtos como telefones, colunas bluetooth, bolsas, etc. através de parceria com algumas marcas como Apple,
JBL, etc.
Como é que o dinheiro é pago?
Através de uma conta-cartão. A conta é aberta no dia que te tornas um representante. O movimento da conta é
controlado através de um outro aplicativo. O cartão é requisitado de américa, ele é VISA, anti-clonagem e pode
ser carteira de cartões.
A empresa já está em Moçambique?
Ainda não, mas brevemente terá. Você pode ter confirmação do sucesso desta empresa na embaixada americana.
A empresa já está oficialmente na África em seis países Kénia, Botswana, Namíbia, Zimbábue, Zâmbia, inclusive
África-do-Sul, há oito anos.
Há quanto tempo esta empresa existe?
A mais de 30 anos mas desde 2005 eles mudaram a forma de trabalhar deixando a responsabilidade de Marketing
para os membros, tornando-se numa das empresas que mais cresce nos Estados Unidos de América.
Porque devo eu investir nesta empresa?
• Porque a maior parte dos moçambicanos vivem debaixo de uma só fonte de renda.
• Porque muitos moçambicanos vivem endividados e se endividando.
• Porque muitos moçamnbicanos têm rendas passivas (prestação de casa, de telefone, valor de renda, etc)
por pagar em todos os meses.
• Porque não é só de mais dinheiro que precisas mas também mais habilidades para ultrapassar os momentos
de crise e para muitos outros momentos

.Onde fica a central desta empresa?
Texas, EUA.
Em quantos países esta empresa já se encontra?
Actualmente (Setembro de 2019) está em 44 países.
Quantos membros este clube possui?
Mais de 900 mil membros.
Qual é a diferença entre Dreamtrips e Worldventures?
Worldventures é a dona da Dreamtrips, que é o clube vip de viajens, nu proximo artigo voçe vai saber.

Google Acadêmico e como fazer pesquisas confiáveis 19

Google Acadêmico e como fazer pesquisas confiáveis

 

 

Sem dúvidas, quando falamos de pesquisa na internet, o primeiro nome que vem à mente de qualquer pessoa é:  Google.

A gigante da informação é a principal referência para qualquer tipo de busca online e é praticamente impossível encontrar alguém que acessa a web e nunca fez uma pesquisa por lá.

Além da pesquisa online, o Google oferece ainda uma série de outros serviços muito úteis. Do Google Maps ao Gmail, são muitas as possibilidades para se entrar em contato com o mundo da multinacional.

Mas existe um serviço que pouca gente conhece e que é extremamente poderoso: o Google Acadêmico.

Se você está na escola ou na faculdade, ou simplesmente quer  com artigos de qualidade, o Google Acadêmico é uma ferramenta que você precisa conhecer! Quer saber o que é e como ela funciona? Então continue lendo este artigo!

O que é o Google Acadêmico?

O Google Acadêmico é um dos vários serviços oferecidos pelo Google.

De maneira semelhante ao mecanismo de pesquisa principal, o Google Acadêmico funciona como um motor de busca de artigos científicos, teses, livros, resumos, dissertações e outras publicações científicas de cunho acadêmico e profissional.

Lançado em 2004 como mais uma vertente dos serviços do Google, rapidamente ganhou popularidade, conquistando o público das universidades e voltado para pesquisa científica.

Apenas dois anos após o seu lançamento, o Google Acadêmico já aceitava pesquisas na língua portuguesa, o que expandiu ainda mais a sua influência nos trabalhos que demandam fontes confiáveis de informação.

Também conhecido como Google Scholar (seu nome original, em inglês), o Google Acadêmico apresenta um layout muito parecido com o tradicional, o que faz com que algumas pessoas possam confundi-lo com a ferramenta principal.

Apesar disso, as próprias páginas de resultados deixam bem claro que se tratam de dois serviços distintos.

O Google Acadêmico é um serviço bastante completo, podendo ser considerado como o servidor que reúne o maior número de resultados de artigos científicos.

Além desse tipo de trabalho, ainda é possível realizar buscas por citações mesmo dentro de arquivos em PDF, por exemplo. Para isso, basta que o material buscado tenha sido publicado na internet.

A ferramenta ainda permite o armazenamento de artigos científicos, de forma integral ou mesmo parcial, de modo que é possível criar uma biblioteca própria, voltada para sua linha de pesquisa.

Como o Google Acadêmico funciona?

É muito fácil acessar o Google Acadêmico. Basta entrar no endereçoscholar.google.com ou, então, pesquisar no próprio Google pelo nome da ferramenta.

A sua aparência é bastante semelhante ao buscador tradicional, mudando apenas alguns aspectos, como a ausência de uma busca por imagens, por exemplo.

Para fazer sua pesquisa, basta digitar qualquer termo e apertar “enter” (ou, então, clicar na lupa inserida no quadrado azul, logo ao lado do campo de inserção de texto).

Como não poderia deixar de ser, os resultados do Google Acadêmico, assim como na busca principal, são extremamente satisfatórios e apresentam um algoritmo muito poderoso.

Mesmo que você se lembre apenas de um trecho daquele artigo que leu anos atrás, é muito provável que o Google Scholar o encontre facilmente.

A ferramenta oferece, ainda, uma busca avançada. Com ela, é possível refinar as pesquisas e conseguir filtrar os resultados ainda mais, recebendo apenas as sugestões mais próximas do termo pesquisado.

Para isso, você pode inserir o ano das publicações que quer encontrar, palavras chaves específicas, idioma e autores. Para ter acesso a essas opções, basta clicar no ícone de três traços localizados no canto superior esquerdo da sua tela.

Banco de dados

Para conseguir compilar tantos resultados de artigos científicos, o Google Acadêmico conta com acesso aos melhores bancos de dados de todo o mundo.

Revistas, publicações de universidades e, também, um dos principais servidores da categoria: o SciELO. voçe gostou quero seu apoio para ajudar na melhorias do site

Google Acadêmico e como fazer pesquisas confiáveis 20

Este pagamento é referente o a poio para a judar na melhorias do site

Google Acadêmico e como fazer pesquisas confiáveis

$3.00

FAÇA SUA EMPRESA CRESÇER COM AREDE PODEROSA DO MUNDO 21

FAÇA SUA EMPRESA CRESÇER COM AREDE PODEROSA DO MUNDO

Você já conhece o Facebook Business? descubra como ele pode ser útil ao seu negócio!

Se a sua empresa quer ter presença digital, precisa usar o serviço empresarial da maior rede social do mundo.

A internet revolucionou a forma como nos comunicamos e as redes sociais já fazem parte do nosso dia a dia. Opções não faltam, mas o Facebook é o campeão mundial na preferência dos usuários. . Os dados apontam que 90% das empresas usam este   canal.E sua empresas tanbem usa este canal?  Leia o post e descubra como ele pode ser útil ao seu negócio!Tanto sucesso chamou a atenção dos desenvolvedores e eles decidiram criar um recurso voltado para os perfis empresariais. Afinal, para vender bem e tambem a empresa ser mais conheçido, um negócio deve estar onde seus clientes estão, não é mesmo?

Continue a leitura para conhecer melhor o Facebook Business e aprender a extrair todo seu potencial!http alkimiainstitute ,aprenda de facebook-business

Entenda o que é o Facebook Business

O Facebook Business é uma página empresarial que permite à uma marca interagir e se comunicar com seu público.

Também conhecido como fanpage, o serviço conta com funcionalidades que um perfil pessoal não tem: o Facebook Business Manager, uma espécie de gerenciador de negócios que permite o controle da página, dos anuçios e dos perfis em um único lugar.

Se você é profissional liberal ou tem um negócio, esse é um recurso indispensável. Isso porque você aumentará sua presença no universo digital e conseguirá divulgar seus produtos e serviços de maneira rápida, eficiente e econômica.

Com tudo isso, podemos dizer que o Facebook Business é uma ferramenta importante para as empresas contemporâneas. Com ele, seu negócio terá uma presença marcante!

Conheça os benefícios do Facebook Business para o seu negócio

Antes de falar sobre os benefícios desse recurso, gostarísa de saber:  se você aproveita todo o potencial das redes sociais?

Talvez você não saiba, mas o Facebook tem mais de 127 milhoes de usuários  so nu  Brasil o quinto maior país em número de usuários da rede social.

Tudo isso demonstra que deixar essa estratégia em segundo plano pode prejudicar seu negócio, especialmente em um mercado repleto de concorrentes qualificados e atentos às tendências digitais. gostaria de compartilhar consigo um curso de facebook business link de curso facebook business.com curso de facebook

Mas se isso ainda não é suficiente para convencer você da necessidade de criar um perfil empresarial, acompanhe os principais benefícios dessa ferramenta!

1. Traz credibilidade ao negócio

Uma das estratégias mais eficientes para aumentar o valor de uma marca e gerar credibilidade é separar o pessoal do profissional.

A página do empresário não pode ser a mesma da empresa, pois a fanpage precisa focar emComo encontrar parceiros de co-marketing? e na interação com os clientes.

Todos nós temos uma vida fora do universo profissional e isso precisa ser muito bem separado. Afinal, fotos de um fim de semana com os amigos não são um couteudio revelante  para seus clientes.

Por isso, quando você cria um perfil empresarial, aumenta a credibilidade de seu negócio. O público passa a ver uma atuação séria e focada, o que gera engajamento e respeito.

2. Confere mais segurança à empresa

Quando você tem uma página própria para o seu negócio, pode cadastrar formas de pagamento. É aí que o Facebook Business Manager mostra seu valor, conferindo muito mais segurança a seus dados finaçeiros e bancários.

Em resumo, você não precisará disponibilizar essas informações em seu perfil pessoal e pode fornecer diversas formas de pagamento de patrocínios do Facebook ao analista da rede. business

3. Permite o acesso por vários dispositivos

O Facebook Business também permite que o usuário gerencie a página por meio de inúmeros dispositivos. A plataforma é responsiva, ou seja, permite o acesso por computador ou smartphone facebook business.com

Essa funcionalidade é muito importante para o empresário, pois o ajuda a responder seus clientes de forma rápida e simples. Para isso, basta baixar o aplicativo e começar a aproveitar as vantagens da mobilidade na gestão de sua página.

4. Facilita o gerenciamento de alertas e notificações

A comunicação com o público é um fator essencial para que um negócio cresça. Afinal, não basta apenas estar nas redes sociais. É preciso entregar conteúdos de qualidade, responder dúvidas, ouvir críticas e ser verdadeiramente ativo.

Essa tarefa se torna muito mais simples com a ajuda do Facebook Business. Na prática, você classifica notificações, define alertas e os gerencia de acordo com o que julgar mais importante.

5. Mostra dados sobre os seguidores

Por fim, é importante destacar que esse recurso o ajudará a conhecer melhor seus seguidores, o que é essencial para o planejamento de suas não é mesmo?Experts tips: 5 tools to automate your marketing strategies and boost your results

Ao apostar em uma página corporativa, você tem acesso a métricas importantes sobre o público, como idade, sexo e sua localização geográfica.

Além disso, já imaginou conferir aquilo que o seu público também gosta de seguir? Na seção “as pessoas também curtiram”, é possível ver as páginas mais populares entre seus seguidores.

Aprenda a utilizar o Facebook Business em 8 etapas

Viu só como o Facebook Business é um grande aliado de seu negócio? Na era digital, não é possível fazer uma marca crescer sem se preocupar com a presença online. Por isso, trouxemos 8 dicas que o ajudarão a aproveitar melhor essa tendência. si voçe quer saber mais confira o curso negoçio facebook business.com

Copyright e como  pode a judar voçe com os direitos autorais e influenciam em seu trabalho e como pode pode transformar seus textos em dinheiro 22

Copyright e como pode a judar voçe com os direitos autorais e influenciam em seu trabalho e como pode pode transformar seus textos em dinheiro

.facebook-busines

O que é copyright?

O copyright nada mais é que o direito autoral. Por meio desse registro, o autor de uma obra pode receber os lucros provenientes de sua venda ou processar aqueles que a utilizam sem autorização ou as copiam.

Quando falamos em obra, é interessante destacar que estão incluídos nesse grupo diversos produtos da indústria intelectual e cultural, entre as quais podemos facebook-business

  • livros;
  • livros
  • músicas;
  • filmes;
  • videos
  • documentários;
  • imagens.

Sempre que você encontrar o símbolo do copyright (©) em uma obra, é sinal de que sua impressão, comercialização ou uso sejam proibidos sem autorização prévia do autor. Na prática, isso impede que terceiros se beneficiem financeiramente de algo que não criaram.

Copyright x registro de marca: quais as diferenças?

Muitas pessoas confundem a marca registrada com o copyright. Mas é preciso saber que não estamos falando da mesma coisa!

A marca registrada, também conhecida como Trademark, é representada pelos símbolos “™” ou “®”. Ela é utilizada para distiguir uma organizaçao das outras e impede que cópias do logotipo ou do nome sejam usadas no mercado.

Quer um exemplo? Nike, Apple e McDonald’s são marcas registradas. Isso significa que outras organizações não podem copiá-las. Caso isso ocorra, cometerão uma infração de marca, especialmente porque isso gera confusão e induz o consumidor ao erro.

Por outro lado, o copyright é usado para proteger artes e trabalhos intelectuais e criativos individuais. Ou seja, não é destinado à proteção de logos das empressas

Imagine que você foi contratado para criar o logotipo de um empreendimento. Nesse caso, não terá direitos autorais sobre ela, pois essa criação não é considerada como um de seus bens. Tecnicamente, ela passa a integrar o patrimônio da organização e, portanto, está resguardada pela lei de marca registrada.

Quais os aspectos jurídicos do copyright?

Na era dos dados e da informação não é difícil concluir o quanto o copyright é importante para as organizações que se preocupam em si proteger dados .

Exatamente por isso, a lei cuidou de regulamentar essas regras e garantir que o autor tenha liberdade exclusiva de uso e lucro por suas criações.

Vale a pena destacar que essas normas são semelhantes em todo o mundo, já que existem tratados internacionais que visam uniformizar a proteção e tornar os procedimentos mais simples e rápidos.

Para tanto, é preciso cumprir com alguns requisitos, em especial o aviso de direitos autorais no produto, contendo:

  • a palavra copyright;
  • o símbolo do copyright: ©;
  • a data de publicação;
  • o nome do autor ou do detentor de direitos autorais.

Naturalmente, quando a obra contém um alerta válido, o infrator não consegue comprovar que desconhecia tal proteção, o que torna a punição muito mais fácil e efetiva.

Como conseguir o registro de copyright?

Falar em direitos autorais é fundamental para organizações e profissionais que trabalham com produção intelectual, não é mesmo?frofessores coachs, produtores de conteúdo, designers, fotógrafos, autores e a gençia de Marketing por exemplo, precisam garantir que o fruto de seus esforços seja lucrativo. Afinal, as cópias não autorizadas interferem em seus ganhos.

A dúvida é: como conseguir o registro de copyright e legalizar o negoçio digital? O processo é bem simples. Mas, antes de qualquer coisa, é preciso observar se sua obra pode receber essa proteção. Isso porque algumas criações são excluídas, como:ideias, procedimentos normativos, sistemas e métodos matemáticos;

  • esquemas, mapas mentais ou planos para realizar negócios e jogos;
  • formulários em branco para serem preenchidos;
  • textos de leis, regulamentos e decisões judiciais;
  • calendários e agendas;
  • nomes e títulos isolados.

Confira, agora, um passo a passo simples e rápido para registrar sua obra e garantir seus direitos autorais!

1. Prepare a documentação

Em primeiro lugar, é necessário preparar a documentação para a formalização do pedido. Faça uma cópia física de sua obra em folhas avulsas de papel A4 ou em formato de livro publicado. No primeiro caso, é interessante rubricar e numerar cada página.

Além disso, providencie os documentos que possam ser pertinentes à aprovação, como:

  • procurações;
  • contratos de cessão de direitos;
  • documento de identidade original ou cópia autenticada;
  • comprovante de residência.

2. Pague a taxa

link para seu copywriter que a judara voçe a ganhar dinheiro online adoptauncopywriter.com

Para o registro de copyright, é preciso pagar uma taxa que varia conforme o tipo de obra — você pode consultar esses valores na Tabela de retribuiçao

A quitação deve ser realizada por meio de GRU (Guia de Recolhimento da União), em agências do Banco do Brasil, e o comprovante deve ser anexado ao pedido. Lembrando que ela precisa ser emitida em nome do proprietário legítimo dos direitos.

3. Preencha o formulário com atenção

O próximo passo é o preenchimento do formulário de requerimento de registro. É preciso ter atenção nessa etapa, pois você deve indicar título, gênero, informações sobre a obra e, claro, sobre o autor.

4. Entregue ou envie seu requerimento

Com o formulário preenchido e assinado, o comprovante de pagamento da taxa, a cópia física da obra e os demais documentos necessários, é hora de protocolar o pedido.

De acordo com biblioteca Naçional,responsável pelo registro de obras intelectuais no Brasil desde 1898, isso pode ser feito via Correios, na sede do EDA, no Rio de Janeiro, ou em algum posto regional do EDA.

No caso do pedido não presencial, o comprovante será enviado por email 5 dias úteis após a data do recebimento da documentação. Lembrando que a falta de algum comprovante gera o indeferimento da solicitação.

5. Aguarde a conclusão do processo

Tudo feito conforme o procedimento acima, basta aguardar a conclusão do processo, que pode durar até 180 dias.

O resultado será encaminhado a seu endereço, por meio de carta registrada. No entanto, visando agilizar o trâmite e economizar recursos, quando um email for informado, esse será o método de comunicação padrão. Por isso, fique atento a sua caixa de entrada.

Por que se preocupar com segurança digital?

Você deve ter percebido que o procedimento para ter seus direito autoria esguardados não é complexo. Além do mais, o investimento inicial é baixo, comparado aos benefícios proporcionados a seu negócio.Copywriting: como criar textos que vendem?

Ainda assim, muitos empreendedores e produtores de conteúdo deixam de lado essa estratégia e enfrentam problemas constantes com pirataria, plágio e uso indevido de suas obras.

Com o amplo acesso à internet, isso pode ser uma verdadeira dor de cabeça. Copiar, reproduzir e vender materiais de terceiros se tornou mais fácil, exigindo decisões inteligentes dos verdadeiros autores.

Ver seu produto sendo utilizado por outras pessoas que não tiveram nenhum esforço para produzi-lo é muito ruim, não é mesmo? Confira, a seguir, os benefícios da segurança digital!

1. Reduz prejuízos financeiros

O grande benefício de ações de proteção digital é a redução dos prejuízos causados com a comercialização sem autorização dos produtos.adoptauncopywriter

O autor investiu tempo, dinheiro, conhecimento e dedicação para criar produto digital. Por esse motivo, deve ser o único a decidir o que fazer com ele. Quando pessoas não autorizadas o vendem ou divulgam, ele deixa de ganhar e tem seu crescimento profissional prejudicado.

2. Agrega valor as suas criações

Produções intelectuais e artísticas são únicas e, por isso, devem ser protegidas. Ao obter o registro de copyright, você comprova que o produto é exclusivo e fruto de seu conhecimento.

Com um consumidor cada dia mais exigente, esse é um grande diferencial. O símbolo traz credibilidade e agrega valor as suas criações, o que reflete em mais vendas e lucros.

3. Inibe a ação de plagiadores

Por fim, precisamos destacar que investir em segurança digital é uma maneira inteligente de inibir a ação de plagiadores e fraudadores.

Como a lei protege seus direitos, é muito mais fácil identificar as pessoas que agem de má-fé e obrigá-los a ressarcir seus prejuízos. De certa forma, o aviso de copyright é uma demonstração clara de que você pode acionar a Justiça e tem como comprovar sua propriedade intelectual.

Pronto. Agora é hora de requerer seus direitos autorais!

Esperamos que este post tenha sido útil. Agora você já sabe como obter o registro de copyright de suas criações, garantindo a você todo o direito de aproveitar os benefícios financeiros fruto de sua criatividade e conhecimento.

E se você quiser proteger ainda mais o seu negócio, ou lucrurar com seus textos  neste link que vou deixar  vai mundar sua vida adoptauncopywriter

Como encontrar parceiros de co-marketing? 23

Como encontrar parceiros de co-marketing?

Nos últimos tempos, podemos ver muitas estratégias de marketing que estão voltadas para o marketing de Parceiros e influenciadores .Mas como encontrar um parceiro de co-marketing “de qualidade”?

Definimos os principais critérios de colaboração bem-sucedida e os maiores erros a serem evitados, respondendo as principais perguntas que surgem na hora de encontrar parceiros de co-marketing.

Como procurar boas parcerias?

Para fazer uma parcearia você pode começar com as pessoas e empresas que você conhece.

Às vezes, é mais importante trabalhar com a pessoa com quem você tem comunicação fácil do que com o parceiro mais perfeito do mundo.

Claro, fazer co-marketing com o Google ou Facebook seria maravilhoso, mas sem uma conexão mútua, seria extremamente difícil.

O seu próximo passo depende do seu objetivo.

Você pode querer ir atrás de parceiros que têm o mesmo público que a sua empresa, ou decidir procurar empresas com um público um pouco diferente para apostar na expansão.

Para saber o tipo do público com que uma empresa trabalha, analise o site da empresa e a linguagem que eles usam.

Será que eles escrevem para analistas de marketing ou VPs da empresa? Quais mercados eles tentam alcançar com o conteúdo que escrevem?

Você também pode analisar o perfil de backlinks da empresa para entender o perfil de sites que dão links para o seu parceiro potencial.

Uma outra forma de avaliar a relevância do parceiro seria usar as ferramentas de análise.

Há várias ferramentas online que podem te ajudar com isso, por exemplo, a ferramenta Audience Overlap da SEMrush, que permite comparar até 5 sites para entender se eles compartilham o mesmo público ou não.

O que procurar em um possível parceiro de co-marketing?

Ao procurar um parceiro, você quer escolher uma empresa cujos objetivos se alinhem com os seus e um relacionamento que ofereça valor mútuo.

Pode ser a troca de backlinks, co-criação de conteúdo ou revenda de produtos/serviços.

Além disso, um parceiro ideal deveria estar em uma trajetória de crescimento semelhante à sua.

Afinal, já que, ao estabelecer uma parceria, você está pensando em criação de relacionamento duradouro, foque em parceiros que já têm metas e estratégias fixas e que vão crescer junto com você.

Também é importante escolher um parceiro que tenha uma base de clientes, público-alvo e área semelhantes. Isso ajuda muito a criar parcerias benéficas para ambas as partes.

Esses indicadores influenciam diretamente a capacidade do parceiro de trazer tráfego de relevância para o seu site.

Na etapa final de avaliação de um parceiro em potencial, pergunte-se se os esforços de marketing do seu parceiro complementarão os seus, ajudando a ampliar sua mensagem de marketing, pavimentando o caminho para a conversão.

Descubra qual ingrediente único ele pode aportar. Seja isso um aplicativo para celular, um site com base de conhecimento do parceiro, ou as habilidades dele de comercializar os produtos de maneiras que você mesmo não consegue.

Procure sempre o elemento de complementaridade. Se você encontrar elementos de potencial canibalização de marketing, aconselhamos repensar essa parceria.

Quais métricas levar em consideração ao analisar um parceiro em potencial?

Alguns dos principais parâmetros que analisamos são volumes de traficos métricas de backlinks, autoridade de domínio e lacunas de palavras chaves.

As métricas de SEO são importantes para descobrir se a parceria será tecnicamente benéfica e os dados de tráfego e backlinks podem trazer sugestões de parceiros novos, que não consideramos inicialmente.

O processo de análise de um parceiro potencial deve incluir duas fases:

  1. Coleta de dados e análise;
  2. Conversa com a pessoa responsável pelas parcerias estratégicas na empresa do parceiro potencial.

Você pode descobrir muito sobre um negócio analisando o site, mas falar com alguém que represente a empresa é a melhor maneira de confirmar as informações e discutir as detalhes.

Quais são as melhores maneiras de estimar o número de leads que você pode obter de um parceiro?

Isso é uma pergunta difícil!

A razão para isto é que há sempre muitas contingências e variáveis para fazer previsões viáveis.

Tudo depende de fatores como qualidade de conteúdo, escolha do momento certo para lançar o conteúdo, qualidade e variedade de canais promocionais etc.

É claro que você poderia estimar o número de conversões com base no volume de tráfego, estimando uma taxa de cliques.

É sempre bom conversar honestamente com o parceiro potencial e alinhar as expectativas.

Descubra quais taxas de conversao , ele costuma ter na empresa e quantos leads acha viável trazer com um conteúdo.

Quais são os maiores erros que as pessoas cometem quando escolhem parceiros de co-marketing e como evitá-los?

Ao escolher parceiros para co-marketing, há alguns erros comuns que precisam ser evitados. Veja:

1. Aceitar todas os convites de co-marketing

Ter uma porta aberta à parcerias parece ser uma estratégia boa (afinal, mais parcerias, mais leads, mais conversões, né?), mas não é assim que funciona.

De nada adianta desperdiçar seus esforços criando um conteudo e investindo na promoção cada vez que alguém oferece fazer uma ação de co-marketing.

Foque em parceiros mais valiosos do mercado, examine cada proposta manualmente e avalie bem a estratégia e as métricas do parceiro antes de aceitar a proposta.

2. Achar que qualquer empresa com muitos backlinks é um parceiro ideal

Primeiro, se você for analisar os backlinks, analise a qualidade e não a quantidade. São os backlinks relevantes de sites de autoridade alta que fazem um perfil de backlinks forte.

Segundo ponto: backlinks não são o único indicador de qualidade de parceria!

Você precisa avaliar um conjunto de fatores – público-alvo, tráfego, atividades nos canais de marketing entre outros.

3. Focar na quantidade de ações de co-marketing

O número de ações que o parceiro propõe é irrelevante.

Você deveria focar em qualidade de ações e leads que essas parcerias trazem, e não na quantidade de materiais que vocês vão produzir juntos.

4. Falta de diversificação

Colocar todos os ovos na mesma cesta nunca foi uma boa estratégia.

Não aposte em apenas um tipo de parceiro. Certifique-se de criar uma base de parceiros diversificada para alcançar o público mais amplo.

5. Deixar de monitorar as ações conjuntas e medir o sucesso da parceria

Mesmo depois de encontrar o parceiro ideal e de combinar as ações de co-marketing com ele, o trabalho não acaba.

Você precisa monitorar as atividades do seu parceiro para garantir que o processo de criação de conteúdo e a promoção estão evoluindo conforme acordado.

E depois do prazo da campanha de co-marketing passar, não se esqueça de medir o desempenho da campanha:

  • Quantos leads vieram dos seus canais?
  • Quantos leads o seu parceiro trouxe?
  • Quais foram os canais de promoção e mensagens mais eficazes?

Todas essas informações vão ajudar a entender se vale a pena programar novas atividades em conjunto com esse parceiro e providenciar informações valiosas sobre as preferências do seu público.

Quer continuar aprendendo sobre escolher parceiros de negócio?

markentig digital nas suas maos

O que é Microlearning e qual a sua importância para a EAD?

Você já ouviu falar de microlearning? Sabe por que essa modalidade se tornou uma tendência do EAD?

O termo é utilizado para conceituar conteúdos curtos que têm o objetivo de fornecer algum tipo de aprendizado, melhorando a capacitação do aluno.

A tecnologia trouxe alterações no comportamento das pessoas, inclusive na forma como elas buscam conhecimento e capacitação. O nomadismo digital, por exemplo, nasceu da vontade de usuários terem a liberdade de poder trabalhar em qualquer lugar do mundo.

Agora, os usuários também estão buscando uma forma de aprender em qualquer lugar e a qualquer momento, sem abrir mão da qualidade. Por isso, conteúdos rápidos e completos surgem como uma excelente opção.

Se você quer saber mais sobre essa modalidade de educaçao a distançia como implementá-la e quais os seus benefícios, continue lendo este conteúdo!

Afinal, o que é microlearning e qual a sua importância?

O microlearning pode ser considerado uma das grandes tendências do mercado de educação nos próximos anos.

Ele se diferencia de outras metodologias, pois se centra no indivíduo, buscando oferecer pequenos conteúdos que reforçam competências já adquiridas e trazem novos conhecimentos de forma objetiva.

Os millennials, ou geração Y, são os nascidos entre a década de 1980 até o início dos anos 2000. Isso significa que esses adultos já estão no mercado de trabalho atualmente e possuem formas diferentes de consumir conteúdos.

Assim, a ssistir video aulas curtos e utilizar materiais interativos são algumas das opções escolhidas por esses jovens para se capacitarem.

Exemplificando: Um adepto do microlearning pode ser um indivíduo que já possui alguma qualificação. Imaginemos que um profissional formado em contabilidade trabalhe em uma empresa de cosméticos e a marca esteja começando a exportar os seus produtos.

Nesse momento, esse profissional não precisa fazer um curso extenso, como uma pós-graduação ou um mestrado. Ele precisa de um curso rápido e focado, que o ajude a entender mais sobre o comércio exterior e suas regras de contabilidade.

Assim, esse profissional consegue desempenhar o trabalho correto para sua instituição. Portanto, seria um potencial usuário do microlearning.

Tal modo de aprendizado é oferecido como pílulas de conhecimento que podem ser ofertadas em materiais diagramados, interativos ou em vídeos de 3 a 5 minutos de duração e que têm, geralmente, um objetivo único de aprendizado.

Por que o microlearning é uma tendência?

O microlearning se tornou uma tendência pois consegue transmitir conteúdo de qualidade e em um formato de grande aceitação, que são as  aulas EAD Além disso, ele é fácil de ser aplicado.

Imagine o gestor de uma marca que precisa passar para a sua equipe de cinquenta pessoas um novo método de trabalho. Apesar de ser uma mudança importante, é apenas a alteração de uma resolução.

Realizar uma palestra pode ser complicado, pois requer uma organização prévia e um comunicado a todos para o comparecimento.

Assim, disponibilizar as alterações por meio de conteúdo microlearning surge como uma alternativa rápida e menos onerosa. Os colaboradores podem receber o link da aula por e-mail e ter um determinado prazo para a conclusão.

Por dispor de vários benefícios, esse formato se consolida como uma tendençia de mercado Ele tem uma aplicação ampla, possibilitando que praticamente todas as áreas de atuação possam produzir e consumir conteúdos nesse formato.

Além disso, ele é fácil de ser atualizado e pode impactar milhares de pessoas com uma única produção. Também é possível criar ciclos de aprendizado com temas específicos, criando conteúdos personalizados baseados nos feedbacks dos alunos.

Microlearning x Rapidlearning

É importante ressaltar que essa metodologia não deve ser confundida com o rapidlearning, que também é um tipo de curso EAD.

No último caso, a agilidade surge como o principal foco e as aulas são mais extensas, abrindo possibilidade para abrangência de mais assuntos dentro de um mesmo tema.

Diferentemente do que acontece com o microlearning, os vídeos podem ter de 5 a 60 minutos de duração. Essa maior extensão busca consolidar informações com mais casos, exemplos e maior quantidade de assuntos abordados, mas sem perder a concisão e objetividade, que podem ser observados nas duas formas de aprendizagem.

Portanto, podemos dizer que o microlearning traz muitas vantagens para quem consome esse tipo de conteúdo.

Ele aumenta o engajamento dos alunos, traz agilidade na exibição, ganho de autoridade para quem consome os materiais e mantém o usuário atualizado com informações direcionadas e específicas.

Como implementar o microlearning?

Os gestores já perceberam que, em uma realidade multitarefas, é difícil manter a atenção dos colaboradores em 100% do tempo.

Assim, procurar conteúdo digital de qualidade, como, cursos online no formato microlearning se mostra uma ótima opção para manter a equipe atualizada e focada nos objetivos.

Esse material também pode servir como uma biblioteca digital, que poderá ser acessada por qualquer colaborador em caso de dúvidas ou necessidade de atualização. Além disso, esse formato não deve conter apenas vídeos.

Utilizar jogos, disponibilização de teste de produtos, quizzes,simulações, estudos de casos, infográficos e documentos diagramados são outras formas de transmitir conteúdo de forma seriada e com qualidade.

O microlearning pode se transformar em oportunidade de negócio?

O microlearning surge como uma ótima oportunidade para as marcas e seus colaboradores, e isso inclui os produtos digitais.

Para os empreendedores e produtores de conteúdo antenados, essa modalidade já é uma realidade de negócio.

Os profissionais de várias áreas começaram a ver no meio digital uma possibilidade de produzir conteúdo para falarem com outras pessoas sobre assuntos específicos.

O aumento desse tipo de conteúdo também abriu oportunidade para editores e produtores de vídeos, que podem oferecer seus serviços a profissionais que sabem falar sobre assuntos específicos, mas que não dominam técnicas de edição, criação e transmissão via internet.

Como entender, em resumo, o microlearning?

Podemos definir o microlearning como um novo formato de educação a distância que auxilia marcas, colaboradores e produtores de conteúdos.

Para esse último público, essa é só uma das outras metodologias de produção de conteúdo existentes.

 

saber mais

Experts tips: 5 tools to automate your marketing strategies and boost your results

Do you know how to use marketing automation tools for your business?

Automation is an important ally to optimize actions and boost your sales opportunities.

The more marketing evolves, the greater the opportunities to acquire traffic and generate leads on social media and websites.

But, in addition to attracting a new audience, it is necessary to create strategies that retain these contacts and facilitate the organization of the marketing and sales departments.

For this reason, automation platforms are options to improve the relationship between brands and customers.

If you wish to learn more about automation and which tools are recommended, keep reading this article.

Marketing automation: understand its importance

Marketing automation is a trend in large companies and marketing agencies. Its use has increased because it allows you to achieve better results without affecting team productivity.

If before it was necessary for those responsible to contact potential customers several times to make a sale; nowadays, this can be done in a coordinated manner, at the right time and automatically.

Through intelligent algorithms, quality content and automation flows, it is possible to create effective contact routines that result in conversions.

In addition, automation can be used to extract more opportunities, closing the marketing cycle and delivering “hot leads” to the sales team.

For example, automation allows the creation of priority flows, list segmentation and the creation of new groups from clicks.

Automation tools and software help in the creation of specific campaigns that will remain indefinitely for as long as you wish.

This way, professionals in the area can carry out other tasks while automation nurtures the leads.

Throughout the process, it will be up to analysts to observe the results and performance of the automation, seeking to add human and technological knowledge to create balance, making the execution less robotic.

5 marketing automation tools that you need to know

If you’re interested in the subject and wish to start putting this strategy into practice, check out a list of automation tools by our experts!

1. RD Station

RD station is one of the main marketing automation tools in the market.

The platform offers several tools and features that capture and nurture leads throughout the sales funnel, facilitating the integration of the marketing and sales teams.

The tool’s structure is very well developed and makes it easier for users to identify, in few steps, what the actions are for each goal.

Thus, it’s possible to create automation for the purchase journey and organize the leads by score.

RD Station is a paid tool and there are plans for all types of businesses. Prices range between 139 USD and 269 USD per month.

marketing automation tools - RD Station website

2. HubSpot

Hubsport is the market’s largest company in this segment.

Its features and experience are the most robust, making it possible to create lead nurturing strategies, chatbots, email marketing management, content, social media, and many other options.

The tool also allows integration with the CRM system, but doesn’t require programming knowledge in order to perform the operations.

Because it’s a complete platform, it allows integration between content marketing strategies and inbound marketing, but all of these features have a substantial price tag.

Some features can be accessed for free, but the enterprise package can cost up to 3,200 USD a month, depending on the brand’s number of contacts.

marketing automation tools - HubSpot website

3. Pardot

pardot is an automation platform by Salesforce, aimed at B2B business

Salesforce offers complete services for the creation and management of websites, based on the Fourth Revolution. By making these innovations simpler and more accessible, the company creates more democratic tools.

Like HubSpot and RD Station, this tool offers system and feature integration options that optimize and automate complex operations.

Prices range from $ 1,250 to $ 4,000 a month, depending on your needs on the platform.

 Pardot website

4. Mailchimp

The Mailchimp platform can be considered a favorite among marketing analysts. In addition to being a light, simple and self-explanatory interface, it offers a free option for brands with up to 2,000 contacts in their databases and it sends up to 12 thousand emails a month.

Thus, for small and medium managers, this tool is the most cost-effective choice.

Another advantage is that it makes it possible to create campaigns from templates. They can be edited with personalized texts and images or even creating your own code for the template. As the other platforms we listed, MailChimp also offers a good database for analysis and metrics.

automation tools - Mailchimp website

5. Mautic

Mautic is a marketing automation platform that has the main features usually available in tools of this type. By connecting a brand’s communication channels, the platform assists in monitoring website visits and from this, help in the creation of strategies for sending and building automation flows.

It allows, for example, the feature of including tracking scripts on the website. That way you’ll be able to monitor all of your contacts’ activities, seeing which pages the user has visited and the source of traffic. In addition, it also allows the audience and time scheduling of emails and A/B tests.

This tool is a free and open source tool. Therefore, if you have good programming skills, it’s a good opportunity to create something more personalized and aligned with your needs.

 Mautic website

Now you can decide!

You’ve learned that marketing automation tools are important to create more complex flows and optimize actions that allow large-scale personalization, right?

In addition, they offer technical support and in certain cases, training and consulting that help you obtain good results. But first, you need to align strategies and goals in order to create more effective campaigns.

Transforme seu conteúdo em videoaulas e aumente seus lucros 24

Transforme seu conteúdo em videoaulas e aumente seus lucros

Imagine se o faturamento do seu negócio na internet fosse 5x maior do que atualmente é? E se eu te contar que muitos Produtores e Produtoras conseguiram isso apenas transformando o seu ebook em videoaulas?

Para impulsionar esse crescimento para mais pessoas, criamos a Máquina de Vídeos, um espaço em que você encontra vídeos e artigos de blog que ensinam como transformar seu ebook ou conteúdo digital em videoaulas de forma descomplicada.

Continue com a gente para saber mais sobre a Máquina de Vídeos  e conhecer o depoimento de uma Produtora que usou o conteúdo do seu ebook para criar videoaulas e vender mais.

Aprenda mais com a Máquina deVideo

Como falamos no começo deste post, a Máquina de Vídeos foi criada pela Hotmart para mostrar aos Produtores que transformar ebook ou conteúdo digital em curso online, além de ajudar a aumentar o faturamento, não é um bicho de sete cabeças.

Mesmo que você diga que “não tem tempo”, que “falta conhecimento e experiência com as câmeras”, ou que “não sabe nem como começar a organizar o conteúdo”, saiba que existe uma solução para cada um desses e outros obstáculos que te impedem de gravar videoaulas.

Aceso site de Maquina de video  você pode escolher escolher quais fatores te atrapalham na criação de um curso online e conferir os conteúdos que vão te ajudar a resolver suas dúvidas, dificuldades e medos.

Profissões em alta: conheça 9 mercados que podem representar parcerias 25

Profissões em alta: conheça 9 mercados que podem representar parcerias

Todo profissional que queira desenvolver sua carreira deve investir em conhecimento, mas aqueles que escolheram uma profissão em alta no mercado devem levar essa estratégia para outro patamar.Se suas áreas de formação e especialização estão nos holofotes, a concorrência certamente aumentará, assim como as exigências por resultados cada vez mais inovadores e eficientes, não é mesmo?

Pois aí está um caldeirão de necessidades, dores, interesses e, claro, oportunidades para ofertar alguns produtos digitais.Neste post, listamos algumas profissões em alta que começam a se descobrir nessa mistura. Conheça um pouco mais sobre aquelas e descubra como criar estratégias e parçeria em produtos digital para seu público.

Por que é importante conhecer quais são as profissões em alta do momento?

É muito provável que você já tenha se deparado com alguma notícia que descrevia as profissões que deixaram de existir ou aquelas que surgirão no futuro, certo?

Elas não trazem apenas fatos curiosos de como eram as linhas de produção nas indústrias ou que habilidades como datilografia eram imprescindíveis: também demonstram os efeitos das modernizações no mercado de trabalho.

Dessa forma, se as profissões acompanham a modernização que o mercado está sofrendo e apontam para onde o desenvolvimento vai continuar, do ponto de vista estratégico, saber disso permite que você possa aproveitar essa demanda com a ofertas de cursos especializações e conhecimentos certos.

Quais os 3 Cs das profissões do futuro?

Não existe verdade absoluta, mas, mesmo com toda essa evolução, algumas áreas e saberes mantém-se como elementos principais das profissões e áreas de atuação. São eles:coaching: não necessariamente o coach como profissão única, mas sim, todos os profissionais que atuam no auxílio para que as pessoas superem seus desafios pessoais, de carreira, saúde, familiares, entre outros;cuidado: a área da saúde tem recebido muitas inovações, com equipamentos de exames e cirurgias que podem ser realizadas a distância, mas, ainda assim, a presença de um profissional capacitado para gerenciar todo esse aparato e, claro, orientar pacientes de forma preventiva ou de cura é determinante para o sucesso do tratamento;conexão: outro elemento fundamental, já que os avanços tecnológicos são benéficos e irreversíveis. Profissões e soluções que tragam harmonia entre as pessoas e as máquinas.

Quais são as 9 profissões em alta no mercado para fazer parcerias?

Então, para onde as necessidades e demandas da  nossa sociedade estão mirando?Vejamos as principais profissões que estão surgindo ou se fortalecendo para sabermos mais. e ai voçe quer saber mais  deixa seu e-mael.

O que é gestão participativa e como ela ajuda seu negócio a se desenvolver? 26

O que é gestão participativa e como ela ajuda seu negócio a se desenvolver?

Você já ouviu falar sobre gestão participativa? Trata-se de uma tendência da administração. A modalidade, que dispensa a hierarquização de cargos e valoriza a troca de experiências entre os profissionais, ganha cada vez mais espaço e relevância entre as empresas mais produtivas. E os motivos são justos, viu?

A mudança de um modelo rígido e convencional — no qual a comunicação é de mão única e parte do todo para a base, como em uma cascata de ordens — para um método mais flexível, que enxerga os indivíduos como agentes importantes ao desenvolvimento da organização, pode ser a chave para uma administração que, além de participativa, é também mais enxuta, inteligente e lucrativa. Tudo o que o Lider moderno quer e precisa!

Neste post, você vai entender um pouco mais sobre o conceito de gestão participativa e saber, com exemplos práticos, como ela funciona.

Além disso, vai conhecer os principais benefícios da prática e ter acesso a dicas para implantar o modelo no seu negócio o mais rápido possível.

A gente assegura uma coisa: vale a pena explorar esse horizonte de possibilidades e enxergar novas formas de potencializar os resultados corporativos. Boa leitura e bons insights!

Afinal, o que é gestão participativa?

O próprio termo, por si só, já dá uma boa ideia de qual é o propósito essencial do modelo: permitir e valorizar a participação das pessoas nos processos administrativos, estratégicos — e mesmo decisórios — da organização. Parece muito promissor, certo?

E, geralmente, de fato é! Na prática, a gestão participativa pode ser descrita como um estilo de linderança embasado em atributos fortes, como confiança, liberdade e colaboração.

Todo o time se sente parte de um projeto, trabalha alinhado na missão de impulsioná-lo e, claro, está confortável para dividir ideias, estudar eventuais empecilhos e promover soluções inovadoras.

A modalidade, que sugere a suavização dos níveis hierárquicos e faz com que os cargos percam força enquanto distintivos de poder, é perfeito para motivar a troca de informações e experiências.

Afinal, pense bem: em um time heterogêneo, seria um completo desperdício ignorar a bagagem de cada profissional! Um deles, ainda que em uma posição iniciante, pode ter exatamente o know how que a empresa precisa para resolver um impasse que está travando o crescimento da operação…

Foi justamente essa sacada, portanto, que fez crescer a preferência por um modelo de gestão participativa, que inclui e aglutina em vez de segmentar e dominar.

Quando o líder está aberto às interações de qualidade e confia no potencial de seu time, o resultado é melhor que simplesmente a soma de duas ideias complementares: é, na verdade, a lapidação de insights valiosos que podem render retornos robustos já no curto prazo.

Como a gestão participativa funciona?

Descentralizar a liderança e estimular a colaboração entre os profissionais da equipe é, sem dúvida, uma postura bem acertada. Afinal, a soma de vivências e o debate saudável de conhecimentos é um excelente catalisador de decisões mais coesas e produtivas. Tudo o que um negócio precisa para crescer!

Primeiro, uma observação teórica: para que você implante processos de gestão participativa, é válido ressaltar as quatro dimensões que compõem o modelo e que o viabilizam no cotidiano da empresa.

Ao efetivar a mudança no seu negócio, é bom que você fique atento às seguintes dimensões:

  • estrutural, que sugere a necessidade de rever padrões de cargos e hierarquias, conferindo mais arrojo entre os profissionais da equipe e, de certa forma, normatizando a liberdade de interação, opinião e decisão.
  • de resultados, que evidencia a importância de organizar e analizar dados confiáveis, capazes de motivar uma discussão produtiva entre os membros do time e, claro, de alicerçar decisões adequadas;
  • comportamental, que indica quais posturas de liderança devem ser priorizadas durante (e mesmo após) o esforço de transição, validando a experiência participativa e introduzindo novos comportamentos aos profissionais da equipe.

Em segundo lugar, para uma aplicação mais prática, convém incluir os colaboradores em um propósito comum: o de tornar mais coletivos e transparentes os processos internos e as decisões do negócio.

Uma vez implantada e nutrida, a gestão participativa extrapola a organização e ganha o mercado, também influenciando positivamente no relacionamento com fornecedores e clientes, por exemplo. A mudança é grandiosa, profunda e vale muito a pena!

Quais são os benefícios da gestão participativa?

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre o tema (e possivelmente já está considerando algumas mudanças na sua empresa), convém apontar quais são os principais benefícios dessa prática.

A gente aposta que você pode se surpreender com a qualidade da transformação!

1. Comprometimento e alinhamento

Uma equipe alinhada é mais engajada. Um time engajado é mais comprometido com resultados e, por isso, tem entregas mais eficientes e produtivas. É exatamente isso que você está buscando, certo?

A partir da gestão participativa, você empodera seus colaboradores e confere autonomia aos profissionais em que confia. Na prática, a mensagem é bem estimulante: qualquer um está apto a contribuir para que os resultados coletivos sejam cada vez mais expressivos.

2. Redução de custos e otimização de recursos

O poder tem muito mais a ver com responsabilidade do que com hierarquia. Na gestão participativa, quando um líder descentraliza a autoridade, todos tendem a se sentir no dever de tomar as melhores decisões — e isso é ótimo para os negócios.

Quando seu time está consciente dos recursos e trabalha para otimizá-los, produzindo mais com menos, os custos são cortados e a performance aumenta. A combinação perfeita para o sucesso!

3. Assertividade e inovação

O ditado de que duas cabeças pensam melhor do que uma é bem antigo, mas continua valendo na grande maioria dos casos. Isso porque a troca saudável de experiências é valiosa para as decisões importantes.

Imagine, então, em vez de duas, contar com dezenas de cabeças alinhadas a um propósito coletivo: desenvolver a empresa. A gestão participativa promove e incentiva esse tipo de interação, favorecendo inovações enquanto aumenta a eficácia das decisões corporativas.

4 dicas para implementar a gestão participativa

Diante de tanta informação, é impossível não considerar mudanças estruturais na percepção de hierarquia, né? Só falta colocar, de fato, a mão na massa. Experimente começar!

1. Converse abertamente sobre gestão e hierarquias

Antes de mais nada, é importante saber como sua equipe recebe (e reage a) diferentes modalidades de gestão. Aproveite para investigar  o perfil do time e, assim, verificar se o modelo participativo cairia bem à empresa como um todo.

2. Proponha novas experiências com a equipe

É fundamental que, uma vez decidido a começar o processo participativo, você envolva todos os profissionais na iniciativa. Traga novas possibilidades e incentive a interação de qualidade, estimulando a troca e a conexão produtiva dos colaboradores.

3. Acompanhe a evolução do processo (individual e coletivamente)

De modo a validar a recepção dos novos termos gerenciais e, claro, para analisar a receptividade de cada um às novas ideias propostas, é essencial que você monitore todo o processo de perto.

Entenda quais são as maiores motivações e conheça as principais resistências. Esse tipo de consciência ajuda a lapidar o modelo e a angariar resultados ainda mais positivos.

4. Compartilhe e celebre bons resultados

A cada conquista, deve haver, também, uma comemoração — pequena, mas cheia de significado. Envolva realmente a equipe e nunca deixe de parabenizar iniciativas produtivas. Da mesma forma, admita o aprendizado que vem com os eventuais erros cometidos.

A gestão participativa pressupõe o diálogo e sugere o desenvolvimento constante da equipe e da empresa. O foco é a colaboração e a confiança é a chave!

Vamos começar?

A gestão participativa é uma nova visão de liderança. Em substituição à rigidez das hierarquias, o modelo se baseia na colaboração dos profissionais e na soma de experiências. O alinhamento é mais forte e, como resultado, o desempenho é mais consistente. Tá esperando o que para tentar?

A essa altura, desconfiamos que você está animado com as possibilidades e perspectivas desse tipo de gestão, né? Ótimo: o interesse é, sem dúvida, o primeiro passo para a transformação.

Agora que você já sabe os principais pontos sobre a gestão participativa, aproveite para continuar se desenvolvendo enquanto líder e não deixe de conferir quais são os 9 livros de gestao que você precisa deixar na sua cabeceira.

Os 7 melhores plugins para WordPress para aplicar em seu blog 27

Os 7 melhores plugins para WordPress para aplicar em seu blog

WordPress surgiu em 2003 e é considerado, atualmente, um dos maiores sistemas de publicação do mundo.

Focado em acessibilidade, performance e segurança, ele foi se desenvolvendo ao longo do tempo para oferecer uma experiência única aos seus usuários.

Com isso, nasceu a necessidade de inserção de novos recursos, o que foi possível graças à inclusão de plugins para WordPress.

Neste artigo, você conhecerá alguns dos principais para inserir em seu blog. Antes, porém, conheça a importância deles!

Entenda a importância de utilizar plugins para wordpress

Por que usar plugins para WordPress? Essa é uma pergunta que costuma ser feita pelos criadores de sites e blogs nessa plataforma.

Basicamente, poderíamos resumir a resposta em: sem eles, as suas páginas não conseguem oferecer uma experiência completamente satisfatória aos usuários, além de conter brechas que podem prejudicar você lá na frente.

Com os plugins certos, é possível aproveitar recursos aprimorados, não só aumentando a segurança do seu blog, mas também tornando-o muito mais funcional e otimizado.

Isso impacta a sua classificação em buscadores como o Google, além de garantir que as suas páginas não fiquem obsoletas, continuem funcionais e tenham a devida visibilidade.

Saiba quais são os 13 plugins para WordPress que você precisa conhecer

Não sabe quais plugins para WordPress você deve escolher? Confira a lista a seguir e conheça as principais opções!

1. Yoast SEO

O Yoast SEO é considerado um dos principais plugins para WordPress quando se trata de SEO objetivo da ferramenta é ajudar a otimizar o seu artigo para os buscadores.

Aliás, vale destacar que esse plugin é original da hospedagem, estando em funcionamento desde meados de 2008.

Existem duas versões disponíveis: a gratuita e a premium. A diferença entre elas é que a segunda oferece insights, otimização de PALAVRA CHAVE para múltiplos focos, além de sugestão de links.

No entanto, mesmo na opção gratuita, há uma série de funções, entre as quais estão a análise de SEO e a pré-visualização do texto da página no buscador.

2. MailChimp for WordPress

O MailChimp é considerado um dos maiores serviços de e-mael Markenting. Trata-se de uma ferramenta que ajuda na fidelização dos consumidores do seu site.

Por meio desse plugin para WordPress, é possível criar listas de emails personalizadas. Para isso, basta otimizar os recursos de inscrição na sua página.

O plugin permite configurar formulários de inscrição em newsletters. Desse modo, você poderá inserir banners em qualquer lugar do seu site que você desejar.

Existe também a opção de adicionar tais formulários nos comentários ou nas páginas de checkout, aumentando, assim, as chances de conversão.

3. Simple Photo Gallery

Como o próprio nome sugere, o Simple photo Gallery é um plugin de simples integração que permite inserir galerias de fotos em um site WordPress. A ideia é trazer efeitos visuais mais harmônicos para as páginas.

Por exemplo, se o tema da sua página não renderizar as fotos corretamente, o plugin permite que isso aconteça de maneira simples. Como adicional, é possível contar com recursos para adaptar as imagens às suas demandas.

4. Cloudflare

A segurança de um site é um assunto sério, ainda mais quando envolve dados pessoais e confidenciais não só da empresa, mas também de seus usuários.

Portanto, se a sua página precisa de um sistema mais robusto de segurança, o plugin para WordPress indicado é o Couldflare

O WordPress domina uma grande parte dos sites criados atualmente na web, então, não é de se estranhar que ele tenha algumas vulnerabilidades.

Portanto, se você procura uma maneira de acelerar e promover a segurança do seu site, o Cloudflare é uma boa solução. Além de prevenir ataques de DDoS, ele ajuda a promover o SEO, bem como a acelerar o tempo de carregamento da página.

5. Jetpack

O Jetpack pode ser reconhecido como uma ferramenta “mil e uma utilidades”. Nem sempre o seu site suportará tantos plugins, por isso, ter um único com diversas funcionalidades é uma forma de facilitar e otimizar o carregamento da página para o seu leitor,com Jetpack , pode monetizar seu site e ganhar , valor com WordAds.

Tal ferramenta funciona como um kit de funções que incluem o design, o monitoramento de estatísticas, o compartilhamento em rede soçial e até a prevenção de ataques. O interessante é que todas as funcionalidades são oferecidas de maneira gratuita.

6. Akismet

Sabe aqueles comentários de spams que, além de atrapalhar a imagem da sua marca, ainda prejudicam o carregamento da sua página? Eles não serão mais um problema quando você instalar o plugin para WordPress chamado Akismet

Ele basicamente faz um trabalho de analise de Dados. Para isso, compara os comentários e envio de formulários com um banco mundial de spam, prevenindo que o seu site publique algum conteúdo malicioso e facilitando sua administração, neste momente so falerei dos 7 plugins mais ainda existe mais outros plugins  melhor para seu wordpress ,si voçe ainda nao tem wordpress recomendo .se voçe leu comenta algo para apoiar  mais ideias minhas .

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Negoçio online automático em,nu restaurante

hojé muitas pessoas gostam de comer coisas que gostam , até esses tipos de pessoas fazem de tudo para adiquerir e não se importa com preços , e alguns gostam de comer coisas simples porque não querem gastar muito, e outros gostam de comer para engordar e outros, come porque deve si comer, e você?? Lição para leitor não deve trabalhar como si fosse obrigação, trabalha para o benefício de ajudar você e outros, um modo desses trabalhos é ler a matéria publicado na infobusiness nu site vivaln.com aí vai poder si associar num dos links que vai a judar você a ganhar renda nu tempo e na hora que você querer. Por favor comenta uque voçê gostou.

70 negócios lucrativos e fáceis para começar sem investir [+ Uma dica de ouro]

Cada vez mais pessoas estão procurando trabalhos alternativos para alcançar objetivos importantes, como:

  • ganhar mais dinheiro;
  • ter mais tempo para passar com a família;
  • ser seu próprio chefe;
  • trabalhar em casa
  • trabalhar com aquilo que gosta.

A boa notícia é que existem várias opções para iniciar negócios lucrativos. No entanto, nem todas as pessoas podem fazer grandes investimentos para isso, não é?

Se você se encaixa nesse grupo de pessoas e não tem dinheiro para criar o seu próprio negócio a partir do zero, não precisa se desesperar.

Neste texto, vou mostrar ideias e nichos de mercado que podem gerar ganhos significativos sem precisar economizar muito antes de dar os primeiros passos.

O objetivo deste post é mostrar quais tipos de trabalhos você pode fazer para ter independência financeira e ser seu próprio chefe a partir deste ano.

Em alguns casos, você deve começar aos poucos e, com o tempo, ir transformando seu trabalho em um grande negócio podendo, inclusive, levá-lo para outras cidades e países. NB, prepare-se: leia o texto até o final, pois tenho uma dica de ouro imperdível!para voçe, fica anteto nu proximo blog falarei disso.,si voçe tem uma openiao deixa seu comentario, sera bem vindo na infobusiness.

 

Aprenda a realizar um processo de cobrança eficiente 28

Aprenda a realizar um processo de cobrança eficiente

Quando um empreendedor planeja lançar um novo negócio, a inadimplência e a necessidade de criar um processo de cobrança muitas vezes nem passam por sua cabeça.

Seu  Negoçio é tão vantajoso e seu preço tão alinhado com seus diferenciais que é impossível que haja qualquer problema de pagamento, certo? Essa euforia pode contagiar, mas de repente a inadimplência aparece como um fantasma.

Sentiu alguma familiaridade com essa história? Assim como você, muitos outros empreendedores espalhados pelo mundo passam por isso, pode ter certeza!

Mas não se sinta mal por isso, viu? Dá para criar um processo de cobrança eficiente que vai ajudar muito na saude finaçeiro do seu negócio. deixo tudo  claro neste  post!

Entendendo a importância de cobrar os valores em atraso

As relações comerciais envolvem, resumidamente, um fornecedor que entrega seu produto ou serviço e o cliente que o recebe, e, em contrapartida, paga o valor previamente acordado ou estabelecido. Simples, não é mesmo?

Porém, em algumas situações e por motivos diversos, o cliente não cumpre com sua parte nessa relação, e é preciso regularizar esse cenário por várias razões. Entre elas, podemos citar:

  • parte considerável da remuneração sob responsabilidade do cliente é destinada ao pagamento dos custos do negócio, inpostos , comissao e etc.;
  • a falta de recursos em caixa impede que o empreendedor invista em melhorias de seus produtos digitais e infraestrutura; por exemplo, trocar seus equipamentos;
  • as chances de recuperar um prejuízo vão diminuindo ao longo do tempo. Por isso, é preciso dedicar tempo para realizar a cobrança, o que, para o empreendedor que atua sozinho, significa menos disponibilidade para produzir e vender;
  • o cliente, ainda que inadimplente naquele momento, pode gerar novos negócios. Afinal de contas, ele está dentro do perfil do produto e serviço realizado, certo?

A inadiplençia trava as engrenagens do negócio em todos os sentidos, impede novos investimentos, deixa o empreendedor mais suscetível a se tornar devedor de seus fornecedores, entre outros aspectos.

No entanto, ao mesmo tempo, é uma situação que precisa ser tratada com estratégia, pois ainda que o cliente esteja inadimplente, ele tem o perfil do produto e acabar com tal relacionamento pode significar a perda de oportunidades futuras.

Então, nada de cobranças ríspidas, desrespeitosas, cortes dos serviços sem aviso ou coisa do tipo. Investigar o motivo da inadimplência, e, principalmente, criar soluções junto aos clientes podem ser ações muito mais eficientes.

Estabelecendo um processo de cobrança em 3 passos

Outra medida importante é a criação de ações preventivas que evitem a inadimplência. Você pode colocar tudo isso em um manual de cobranças.

1. Elabore um manual de cobranças

Mesmo se a cobrança for feita por você, é essencial que haja um padrão no processo e regras preestabelecidas. Afinal de contas, é muito importante tratar os clientes com as mesmas condições.

Por isso, criar um manual garante que você seja justo com todos, não precise ter todas as regras memorizadas e não falhe por ter esquecido de tomar alguma das medidas já estabelecidas.

Nesse manual, você pode colocar questões de como a linguagem que deve ser usada, quais os formatos das mensagens, tipo de renegociações possíveis para cada situação, além da definição da régua de cobrança que comentaremos a seguir.

2. Faça um bom controle e análise sobre as contas

Não basta apenas enxergar o que está entrando e saindo, é fundamental analisar os detalhes: a forma de pagamento que os clientes estão usando, se optaram por parcelamento, se é a primeira compra ou renovação, entre outros.

Essas particularidades ajudarão a entender o comportamento de cada clienteem relação às suas obrigações financeiras. Fazendo análises junto à lista daqueles que já atrasaram o pagamento, padrões que antecedem a inadimplência podem ser identificados.

E sabe o que você pode fazer com essa informação? Criar ações preventivas!

Se clientes que compram por meio de débito automático são mais propensos ao atraso, por exemplo, é interessante enviar avisos por SMS próximo às datas de vencimento.

3. Tenha em mente que o bom relacionamento é um ótimo aliado

Mesmo em mensagens no processo de cobrança, tente levar a situação para a perspectiva do cliente.

Quer parceria mais interessante do que aquela que se preocupa com você? É assim que o cliente se sentirá ao receber um lembrete com uma linguagem educada.

Além disso, outras atitudes também podem ajudar a manter um bom relacionamento, como:

  • estabelecer um contato mais informal nas primeiras cobranças para demonstrar empatia e desejo de manter o relacionamento comercial;
  • tentar compreender as razões do atraso, pois isso ajudará a mapear as possibilidades de reincidência;
  • negociar com o cliente, dentro das possibilidades previstas no manual de cobrança que você elaborou, entendendo qual a melhor saída para a regularização dos pagamentos.

Desenvolvendo uma régua de cobrança eficiente

Chegamos, finalmente, à criação da régua do processo de cobrança, uma linha cronológica de ações que vão desde a prevenção contra a inadimplência até a recuperação de créditos.

Você pode estabelecer, por exemplo, que:

  • um email será enviado com o boleto de pagamento até 5 dias antes do vencimento;
  • no dia do vencimento, uma mensagem SMS poderá lembrar a cobrança oferecendo a possibilidade de receber o código de barras pelo celular;
  • 5 dias após o vencimento e constatado o atraso, uma ligação amigável para lembrete e renegociação;
  • um dia após o combinado ou transcorrido 10 a 12 dias, novo contato por telefone.

Então, o que considerar nessa régua? Vamos lá.

Frequência de contatos

A frequência de contatos deve ser equilibrada entre a importância de lembrar a cobrança com a importunação, não é mesmo? Por isso, determinar qual o intervalo entre as abordagens é essencial.

Uma boa dica é considerar se o cliente respondeu a primeira abordagem, justificou o atraso e se se comprometeu com uma nova data de pagamento.

Se houve interação, é preciso dar créditos ao que foi dito. Porém, sem uma resposta, novas tentativas podem ser realizadas alternando os meios de contato.

Canais utilizados para realizar a cobrança

Esses canais, aliás, também podem obedecer a uma regra de prioridade, começando por mensagens de texto (SMS), emails para situações preventivas ou de atraso recente, e partindo para o contato telefônico e carta formal para casos mais críticos.

Uma boa dica é considerar os canais que o cliente já utilizou para interagir com você em outras situações.

Automatização de sistemas

Você também pode apostar em sistemas automatizados para cobranças se tiver um bom volume para tratar. Nesse caso, a agilidade e regularidade que tais soluções proporcionam também podem ajudar bastante.

Além disso, esse tipo de ferramenta pode possuir níveis de personalização interessantes, o que impede que o canal seja muito formal e distancie você de seu cliente no processo de cobrança.

Afinal, quais os efeitos do controle da inadimplência no seu negócio?

Tomando essas medidas e criando um processo de cobrança, você pode ter maior previsibilidade de receita, controle do seu fluxo de caixa e um bom relacionamento com sua base de clientes.

Muitas vezes, a razão da inadimplência é momentânea e, depois de oferecer uma boa solução para o cliente, o relaçionamento comerçial de vocês pode se fortalecer e crescer muito.voçe gostou deixa seu comentario , a infobusiness ficara muito contente em receber seu comentario.

Qual a importância de fazer controle de gastos? 29

Qual a importância de fazer controle de gastos?

Muitas pessoas já perceberam a importância de controlar seus gastos, de se organizarem financeiramente e de investirem no futuro. Mas isso só é possível quando há um monitoramento de todo o dinheiro que entra e sai da conta.

Se você está lendo esse texto e pensando que, mesmo não fazendo um controle rígido das finanças, você sabe em média quanto gasta por mês, não se assuste se ao colocar esses dados na ponta do lápis perceba que boa parte da sua receita está sendo utilizada com aplicativos de transporte ou alimentação fora de casa, por exemplo  etc .

Além disso, se você é freelancer ou influenciador, a importância de dividir os gastos é ainda maior, pois há variação de receitas de um mês para o outro, mas muitos gastos permanecem fixos.

Por isso, se você quer se planejar e ficar com as contas no azul, confira as nossas dicas!

Motivos para fazer uma planilha de controle de gastos

É normal que todos saibam qual o valor exato que recebem por mês, mesmo que não trabalhem com algo fixo. Mas quando a pergunta é sobre o valor que gastam, a maioria não sabe dizer de forma precisa.

O trabalho digital possui uma indepedençia se comparado com o mercado tradicional, porém ele também exige uma organização financeira, e a melhor forma de se fazer isso é utilizando uma planilha ou planificaçao

É claro que não há a necessidade do uso de planilhas muito complexas, pois isso é um fator que desestimula o acompanhamento, mas ficar de olho nos gastos mensais ajuda você a pensar em novas conquistas.

Uma planilha também permite que com algumas fórmulas sejam calculadas várias métricas, como o ROI quer dizer retorno sobre investimento é uma das métricas financeiras utilizadas pelos negócios que mede o retorno de investimento, demonstrando assim a saúde financeira da marca.

Portanto, para que um negócio funcione e seja possível tomar decisões, é preciso se planejar, ter reservas para investir e possuir um capital de giro que mantenha sua marca no mercado, mesmo quando as ofertas não estejam tão boas.

Começar essa organização do zero pode ser difícil, mas há programas aplicativos que conseguem simplificar isso. No computador, é possível utilizar as planilhas do Excel ou do Google, que atualizam os valores online e os armazenam na nuvem.

Além disso, alguns aplicativos de celular como o  GUIA BOLSO ECONOMIA e ORGANIZZE emuito mais aplicativos resentes que pode  ajudam com a criação de bretes de pagamentos, integrações com os gastos do cartão e com a conta do banco, e ainda o envio de alertas quando os gastos ultrapassam os valores definidos.

4 vantagens da organização de gastos

Com a vida financeira em dia, é possível que o empreendedor se sinta mais seguro e confortável para fazer novos investimentos, pagar suas contas em dia e evitar surpresas desagradáveis. Veja outras vantagens!

1. Propor metas a longo prazo

Somente com uma planilha organizada será possível propor metas para seu futuro. Hoje, você sabe quanto pode investir? Você possui uma reserva de emergência ou está juntando dinheiro para realizar algum sonho?

O controle finaçeiro ajuda na proposição de metas, pois mostra de forma objetiva quanto entra e quanto sai. Assim, será possível criar metas mensais, por exemplo, para que ao final de um ano você consiga juntar determinado valor.

2. Ter acesso rapidamente a informações importantes

Ao organizar os seus dados, você poderá consultá-los de maneira fácil e prática. Por isso, recomendamos que sejam utilizadas planilhas no computador ou aplicativos de celular.

Assim, atualizando e monitorando as entradas e saídas, você sabe em quais datas irá receber, quanto ainda pode gastar naquele mês ou quanto já ultrapassou no seu limite.

3. Cortar gastos

Depois de organizar as informações e descobrir de quanto são seus gastos, você poderá estabelecer cortes, pois conseguirá analisar o que são custos e o que são gastos.

Os custos fixos incluem: aluguel, luz, internet, telefone, água, alimentação e, dificilmente, podem ser cortados ou diminuídos.

Já os gastos são mais fáceis de serem eliminados. Você pode se propor a diminuir o uso dos aplicativos de transporte, comer fora apenas aos finais de semana e comprar roupas novas apenas em ocasiões especiais.

4. Tomar decisões

Para tomar decisões e se comprometer financeiramente, é preciso estar com as contas em dia.

Dessa forma, a organização financeira permite que você faça investimentos a longo prazo, pegue empréstimos quando necessário e faça compras parceladas, pois mediante os dados da sua planilha, a sua expectativa de ganhos e gastos já está planejada.

Aprenda a fazer o seu controle de gastos em 3 passos

Como já disse, recomendo que você se organize financeiramente por meio de uma planilha.

Veja agora como fazer seu controle de gastos usando o planilha do Google!

1. Crie a planilha

Divida sua planilha em meses e gastos. Na parte superior, nomeie 12 colunas com os meses.

Na parte lateral, você deve escrever todos os gastos, como: alimentação, aluguel, luz, água, condomínio, transporte, investimento da marca, gastos pessoais, entre outros.

voçe leu amateria deixa seu comentario , gostaria de ouvir a sua openiao.

Here’s the Difference Between Seltzer, Soda, and Tonic Water

Tonic water, seltzer, club soda, sparkling, and mineral: There are so many different fizzy waters out there, but are they all the same thing?

Carbonated water: water into which carbon dioxide has been dissolved — is a broad term that encompasses all fizzy waters. It’s used interchangeably with sparkling water and soda water (a prewar term for the same thing). Within this category, there are several distinctions: seltzer, club soda, tonic, and mineral water.

Seltzer water: artificially produced by passing pressurized carbon dioxide through water. Seltzer contains no added ingredients or flavorings.Club soda: like seltzer, is artificially produced by passing pressurized carbon dioxide through water, but contains additives such as table salt, sodium bicarbonate, or potassium bicarbonate to add a slightly salty flavor.

Tonic water: again, artificially produced by passing pressurized carbon dioxide through water, but with the addition of quinine (originally used in the 19th century to prevent malaria) that produces a slightly bitter taste. Now, most tonic water also has citric acid and added sweeteners.

Mineral water: like Perrier or San Pellegrino, contains naturally occurring carbonation and minerals. Since it’s bottled directly from a natural source, it tends to be pricier and has a more delicate effervescence than other carbonated waters. For these reasons, it’s typically enjoyed alone, rather than used as a drink mixer.

Jason Momoa Rips Open His Shirt In Surprise Cameo On ‘Saturday Night Live’

Jason Momoa surprised fans when he turned up on Saturday Night Live this week. The Aquaman star made a surprise cameo opposite guest host Chance the Rapper in a sketch that had him ripping open his shirt to prove his innocence.

In the hilarious courtroom-themed “First Impressions Court,” Momoa turned up in an animal-print shirt to face charges that he stole from the elderly Gladys Feldman (Kate McKinnon). As Chance the Rapper’s Judge Barry questioned him, Momoa’s gigolo character accused Gladys of stealing his heart. But she accused him of stealing the chandelier earrings that had been in her family for generations.

That’s when Momoa ripped open his shirt to show the earrings pierced to his nipples.

“What? These?” he asked as he jumped up and down. “They were a gift!”

While Momoa and Chance had trouble holding back their own laughter during the sketch and even stumbled over their lines — at one point, Momoa misspoke and said he was a “certified paraplegic”instead of a “certified paralegal” — fans took to the SNL Instagram page to react to the unexpected scene.

“Best skit of the night!” wrote one fan.

“Oh my freaking gosh. There is no emoji to represent my feelings right about now,” another added.

“Guilty of being sexy af,” a third fan wrote of Momoa.

“Been a long time since I’ve laughed from SNL! This was too funny!” another commenter wrote.

You can see Jason Momoa’s Saturday Night Live cameo below.

Later in the show, Momoa made another shirtless cameo when he flashed his nipple rings while introducing Chance for his second musical performance of the night.

Momoa also took to Instagram to express gratitude for being asked to appear on Saturday Night Live. The 40-year-old actor posted a series of pics taken backstage at the NBC late-night comedy show.

The Mysterious Relationship Between Pets and Their Owners

 

The Mysterious Relationship Between Pets and Their Owners 31

“Boy in barn with cat and pony,” Rowley, Massachusetts, 1992.

Photograph by Sage Sohier / Courtesy Stanley/Barker

Halfway through the photographer Sage Sohier’s new book, “Animals,” is a picture of a woman and her small daughter at the dining table of their home in Sterling, Connecticut, in 1992. The child is playing, oblivious to the scene around her. Her mother, dressed in a pale robe, has a telephone in one hand and her head in the other, looking exasperated. Sohier had met this woman at a dog show and learned that she was the owner of several vizslas—a photogenic breed, like a smaller, reddish Weimaraner. Here are four of them: two perched officiously on dining chairs and another pair lying under the table, like dozy sidekicks. The muscular canine quorum looks calm and in control, as if a coup has taken place in the household. The drapes are closed and considered looks are exchanged in a scenario whose cartoonish wit, crowded domesticity, and faintly sinister air are common in Sohier’s images of pets and their owners.

The Mysterious Relationship Between Pets and Their Owners 32

“Mother and daughter with vizslas at the dining table,” Sterling, Connecticut, 1992.

The photographs in “Animals” were taken mostly in New England between 1979 and 1993. Sohier’s career began in the late seventies with black-and-white studies of Boston (where she still lives) and beyond, documenting street and domestic life and the scratchy pastoral of suburbia. She was working in medium format, with wide-angle lenses, so that these early pictures bristle with intimate detail but also frame expanses of air and atmosphere, a lot of “mere” background. Later series include “At Home with Themselves,” which featured portraits of same-sex couples, and “Perfectible Worlds,” a study of the anxious utopianism of enthusiasts or hobbyists: model makers and reënactors, the floridly tattooed and the gym-inflated. “Animals” overlaps with some of these earlier projects; Sohier found that her subjects were often more at ease with their pets at hand. Later, she discovered potential subjects at dog and cat shows or in small ads for litters, then spent a couple of hours at home with them while they revealed a telling variety of interspecies relationships.

The Mysterious Relationship Between Pets and Their Owners 33

“Girl and dogs resting after swim,” North Sandwich, New Hampshire, 1993.

The Mysterious Relationship Between Pets and Their Owners 34

“Young men with rabbit,” Baton Rouge, Louisiana, 1983.

The Mysterious Relationship Between Pets and Their Owners 35

“Couple playing with pit bulls in bedroom,” Brighton, Massachusetts, 1992.

The Mysterious Relationship Between Pets and Their Owners 36

“Meredith and Kristin watching TV with bichons frises,” Belmont, Massachusetts, 1992.

John Berger once wrote that animals promise “a companionship offered to the loneliness of man as a species.” Although a gulf divides us, “our” animals look at us the way no human ever will. There are moments in Sohier’s book when the pathos in this relationship—one of trust, wonder, (mostly) mammalian identification—is movingly present. A woman named Deborah sits in her living room with Snowy the llama, whom she used to bring on instructive visits to local schools. A young girl is resting on the grass in the sunshine after a swim, while over her shoulder a sopping poodle gives us a protective stare. And most fragile and compelling of all: sitting in a high chair and wearing a nightdress, a monkey reaches out its hand to grasp the arm of the otherwise unseen person who is spoon-feeding it.

The Mysterious Relationship Between Pets and Their Owners 37

“Monkey being fed in high chair,” Raymond, New Hampshire, 1993.

The Mysterious Relationship Between Pets and Their Owners 38

“Boston terrier on bed with rats,” Jamaica Plain, Massachusetts, 1992.

The Mysterious Relationship Between Pets and Their Owners 39

“Family with Great Danes and poodle,” Blackstone, Massachusetts, 1991.

Frequently, however, the paradisiac scene of cross-species contemplation goes to hell in a riot of fur, teeth, scales, thrashing paws, and shining mad eyes. As the series developed, Sohier looked for households with numerous animals and diverse species; her pulse quickened when litter ads said things like “Raised with children and other animals.” In several of her photographs, the owners are dwarfed by their more or less monstrous charges. A family in Blackstone, Massachusetts, gathered on the couch, has vanished behind a poodle, three Great Danes, and five puppies. (Look a little closer—there’s a cat, too.) Likewise, a woman in Plympton, Massachusetts, is obscured by her whippets and greyhounds. And what to make, in one of the most alarming images, of the woman in leopard print who is wielding a boa constrictor as if it’s a huge saxophone? You wonder, of course, what such animals are thinking. Something, perhaps, like the subject of Elizabeth Bishop’s prose poem “Giant Toad” —“I am too big, too big by far. Pity me.”

The Mysterious Relationship Between Pets and Their Owners 40

“Women with Westies,” New London, New Hampshire, 1992.

The Mysterious Relationship Between Pets and Their Owners 41

“Larry and C.J. with Miles and Nikita,” Brookline, Massachusetts, 1992.

The Mysterious Relationship Between Pets and Their Owners 42

“Deborah in living room with Snowy the llama and Winnie,” Freedom, New Hampshire, 1993.

Pull back from the animals in Sohier’s wide-angle photographs and you find—more animals. A Boston terrier looks quizzically at three rats on a bed (one of the rats was named Sage) while dozens of stuffed-animal toys look on. The owners of dogs, cats, snakes, and pot-bellied pigs have decorated their homes with pictures of dogs, cats, lions, penguins, and unicorns. These are mounted on the walls alongside dog-show prizes, baby pictures, and guns. As Sohier acknowledged when we spoke recently, “Animals” is now also a record of certain American tastes and textures in the nineteen-eighties and early nineties. The book begins outdoors, in the back yard, where, a few pages in, a girl in stonewash denim cradles a rabbit, and a German shepherd gets sprayed in the face by a hose. There is a gradual movement indoors, toward a species of anonymous suburban pastel and plush, where all the visual excitement is supplied by animals and children, but the décor still somehow insists.

The Mysterious Relationship Between Pets and Their Owners 43

“Man with python and baby,” Gilford, New Hampshire, 1992.

The Mysterious Relationship Between Pets and Their Owners 44

“Family with chihuahuas,” Newburgh, New York, 1983.

The Mysterious Relationship Between Pets and Their Owners 45

“Trip and Alan, with their Jack Russell,” Key West, Florida, 1988.

Sohier’s book is also a reminder of the long history of animals in photography: from daguerreotypes of domestic pets in the eighteen-forties, through the cats of Cartier-Bresson, to our present social-media zoo, in which animals are reduced either to the cute or the cursed. (I say this as one who has just lost twenty minutes online, gazing raptly at border collies. Chocolate-colored border collies.) For Sohier, the animal photographs of artists such as Elliott Erwitt and Garry Winogrand offer something else, a keener sense of the ethical and also the aesthetic encounter between human and animal. Writing in 1975 about Winogrand’s nineteen-sixties photographs from the Central Park Zoo, Janet Malcolm described “the dispirited ugly animals, the dumb (for thinking they are enjoying themselves), ugly people.” Sohier’s “Animals” contains no such withering scenes. But she notes today how little of the politics of animal ownership was present when she took these photographs, and how much has changed.

The Mysterious Relationship Between Pets and Their Owners 46

“Bud with Samantha, Tanya, Rufus, Ruthie, and Tammy, Wolfeboro,” New Hampshire, 1995.

Ownership, environment, domination, and death: all of it is either present or implied when we photograph animals. Sohier is currently at work—in color, and having switched to digital—on “Peaceable Kingdom,” a new series of animal photographs that concentrate on rescue centers and the animals they save. (As she tells us in the preface to “Animals,” she currently lives with three rescue dogs.) The new images are often more tightly framed, as if the wild or vulnerable creatures they show—an inquisitive crow on its perch, a pair of blinded horses—might suddenly flee the composition. The people that Sohier photographs now have given up referring to “pets” and “owners.”

Follow

Get the latest posts delivered to your mailbox:

%d blogueiros gostam disto: